Este é o banner do kumkaneco... Coloque-o no seu blog copiando a caixa situada no final do post!
Quinta-feira, 31 de Agosto de 2006

Dentistas para Adultos

 

  Aquilo que mais custa quando vou ao dentista, não é o facto de ter que aguentar com a dor, mas sim não poder dizer asneiras enquanto o cabrão do dentista me perfura a boca.

  Já tentei insultar em francês pra não parecer mal mas não é a mesma coisa. Parece que tou a limpar o a seda...

.

  Ora se eu fosse dentista, instituía um tipo de consulta que fosse só para adultos, em que fosse permitido, entre outras coisas, dizer asneiras, tipo: foda-se, puta que o pariu, seu cabrão de merda, vá furar dentuças ao caralho que o foda... coisinhas assim.

  Outra coisa que fazia era trabalhar sempre com uma assistente diferente todos os dias, pra quebrar a monotonia. A assistente tinha que usar obrigatoriamente uma bata branca (e mais nada, bem entendido).

  E depois era fácil. Em vez de fazer anestesia local ao paciente, dáva-lhe com gás anestésico e punha o tipo a contar carneirinhos até cair pro lado.

.

  O tipo acordava, fazia um ar assustado e saía do consultório a correr pra fazer queixa à DECO:

  - Acordei e vi o dentista mais a assistente, a... vestirem-se!

  - Tem a certeza do que está a dizer?

  - Bem... não sei... estava um pouco zonzo, tinha acabado de acordar da anestesia.

  - Olhe que essa acusação que está a fazer é grave.

  - Pois, pois... O certo é que depois de sair lavei a boca como se o amanhã não existisse. De certeza que o filho da puta me fez alguma coisa.

.

  A funcionária já habituada a queixas relativas ao kumkaneco e que até costuma ser cliente assídua do mesmo pra tratar dos dentes e... afins, tenta acalmar o utente enraivecido:

  - Pronto amigo. Foi violado, e depois?!... Deixe lá isso, não sentiu nem viu nada, pois não? Lembra-se de algum caralho a entrar -lhe pela boca dentro?! Não se lembra...Oiça, você é solteiro e jovem... Não há problema algum. Esqueça isso! Eu não vou contar a ninguém!...

  - Tá bem, tá bem!... O problema é que agora passo a ser material de refugo, caralho!... (dizendo isto com um olhar de paneleiro triste).

.

eh pah, sinto-me: com sede
Terça-feira, 29 de Agosto de 2006

Mecânicos da Treta

 

  O problema do carro se avariar na estrada é que temos de ser nós, os homens a sair lá pra fora pra resolver o problema.

  Mesmo que não percebamos nada de mecânica:

  - Fica aí querida. Eu vou lá fora ver o que se passa!...

.

  Saímos do carro e abrimos o "capot". Essa parte até é boa porque assim ela deixa de nos ver. Depois olhamos lá pra dentro na esperança que o problema seja tão incrivelmente óbvio e fácil de resolver que até eu próprio fosse capaz de o resolver mesmo sem perceber patavina de mecânica, como por exemplo:

  Um interruptor gigantesco.

.

  Depois um tipo tem que o levar pró mecânico, com aquela cara de ... ok, cá tou eu outra vez. 

  Enquanto eles fazem lá o que têm de fazer, um gajo espera na sala e começa a folhear uma revista pornográfica retirada ao acaso da pilha enorme de Playboys, Hustler's, Penthouse's... Peguei numa com o título de "Abusada"!

  - "Qu'esta merda?, Foooda-sssse" - enquanto reviro 90 graus nas páginas centrais da revista. O tempo passa e reparo no calendário que está pendurado na entrada. Só me vinha à cabeça um pensamento:

  - Mas que belo par de... meses! São enormes... e o que é aquilo ali bem no meio do mês, escuro e hirto? Será algum feriado santo?

  Realmente um tipo quando vai ao mecânico só pensa em sexo. Será alguma analogia aos pistões ou será dos lubrificantes? Bom, não interessa.

.

  O que importa é que no final, um tipo é que se fode a pagar a despesa toda. Os gajos inventam todo o tipo de merdas só pra nos lixar e como não percebemos nada de nada... nem bufamos...

  - Oh, foi muito complicado.

  - Ah, sim?

  - Teve de ir à máquina pra alinhar a direcção... a correia da direcção assistida, teve de levar uma nova...

  - Uhuh!

  - 8 velas de ignição..  uma correia de distribuição que a outra tava gasta, e teve de levar um jogo de calços novos, claro...

  - Claro!...

  - Válvulas que estavam a bater!

  - A bater? ah!.. a sério? (Isso queria eu, caralho!)

  - Ah... e precisa de uma vareta Jonhson nova...

  - Uma quê? Jonhson? Isso não tem a ver com o talco pro cú dos bebés?!...

.

  Vai-te foder ó mandrião... Queres chular, olha chula aqui... Eh calma, eu disse chu-la-re não disse chu-pa-re, meu cabrão...

  Olha e se quiseres enfia a filha da puta da vareta pelo cagueiro acima. E nem quero saber se pôes ou não o pó de talco a seguir! Foda-se!...

.

 

eh pah, sinto-me: enferrujado da cerveja
Domingo, 27 de Agosto de 2006

Comprar Sapatos

 

 

 

  Um tipo quando calha de ir a uma sapataria para homens, não faz a mínima ideia da alhada em que se vai meter.

  Primeiro é uma data de gajos a experimentar sapatos... 

  Tira sapato, mete sapato, troca sapato, ai este tá grande, ai este é pequeno, ai este aleija... ALTO E PÁRA O BAILE!... Aleija? Foda-se! Mas que raio de macho efeminado diz esta merda?

.

  Esta javardice de conviver numa sala cheia de gajos a falar estas rotices pela boca fora enquanto estes se descalçam e temos de respirar aquele ar avinagrado de chulé a inundar tudo à nossa volta, não é exactamente sinónimo de um bom ambiente. Mais valia montar a puta da sapataria ao lado de uma estação de tratamento de esgotos

.

  E ter de experimentar os sapatos novos?

  Já repararam que quando experimentamos e damos uns tantos passos com os ditos, raramente são confortáveis e conseguem ter o dão de nos fazer parecer uns autênticos "zombies"?

  - "Sim, mestre. Estes parecem-me bons" - qual Frankenstein com o rosto inexpressivo de quem pressente que está prestes a fazer um mau negócio.

.

  E os espelhos?

  Aqueles de 30 centímetros que estão colocados nos rodapés dos bancos? Mas afinal que ângulo é aquele? Será que serve pra sabermos o que os gatos vão pensar dos nossos novos sapatos? Será que nos irá informar se o cabrão do cão da vizinha vai querer ou não marcar o seu novo território?

.

  E até já estou a imaginar.

  Um tipo vai na rua e encontra um amigo e pergunta:

  - "Hei, gostas dos meus novos sapatos?" - enquanto levanta a aba das calças, flectindo a perna e inclinando ligeiramente o pé para o lado.

  - "Ah, sim, são muito bons. Eu já os tinha visto por esse ângulo na sapataria."

.

  - "Foda-se! Ai, já!?..."

  - "Já..."

.

  - "Então... ... Cala-te!... Caralho pró caralho, pá!...

Estes gajos, foda-se!..."

.

eh pah, sinto-me: ensapatado de alcool
Sábado, 26 de Agosto de 2006

Com Amigos Destes...

.

  Um tipo vem de férias descansadinho das pessoas estúpidas e hipócritas que tem de aturar o ano todo e quando cá chega fica logo com vontade de dar meia volta e voltar pró bem-bom, foda-se!.

  Mas quando digo isto, não me refiro só à falta que sinto do calor e do sol bronzeador e das praias magníficas.

.

  Reparem bem:

  Um tipo chega de férias e de repente ficamos a saber que afinal algumas pessoas que achamos que até gostavam de nós, são uma ganda treta.

.

- Nem nos perguntam se as férias correram bem,

- Se tivemos uma boa viagem ou não,

- Até estão a par dos pequenos precalços de saude e mesmo assim nem uma pergunta se estamos bem, se precisamos de alguma coisa, NADA...

.

  Daqui se vê logo o interesse desta gente em nós.

  Sempre que é preciso estamos lá e nunca dizemos que não, mas sempre que um tipo precisa põe-se logo ao fresco. Ninguém os vê, nem uma palavra, nada...

  E depois na primeira oportunidade que encontram e de forma sub-reptícia tentam logo encravar-nos pra carregar móveis ou lá o que é... ... E ainda acham que é nossa obrigação... Essa é que é essa, foda-se!

.

  Ainda no outro dia um desses tipos, não podia levar a avozinha doente porque tinha que ficar na cama porque sabe bem tar na caminha quando se vai pra "night", mas achava até muito bem e não só não via qualquer tipo de impedimento como achava uma obrigação que fosse eu (que nada tenho a ver com a senhora embora a ache adorável) a levar ao médico, só porque ela também era avó da minha namorada.

  Não admira que a senhora esteja doente, caralho!...

.

  Isto dá que pensar.

  Com amigos destes... ... (para bom entendedor , meia palavra bas...)

.

 

eh pah, sinto-me: rodeado de amigos da treta
Quarta-feira, 23 de Agosto de 2006

Estradas de Merda

 

 

  Nas viagens que faço e agora mais recentemente isso voltou a ser comprovado, tenho reparado que temos realmente umas ricas estradas de... merda. Mesmo quando a via é nova e está até em boas condições de circulação, como na nova A13.

.

  Confusos!?

  Passo a explicar.

.

  Um tipo vai ali porreirinho, muito sereninho a comtemplar a paisagem ribatejana e de repente... vem um cheiro nauseabundo a putrefacto ou a estrume de cavalo do mais puro e concentrado que possam imaginar.

.

  E o pior passa-se lá em baixo no Algarve.

  Na 125, uma parte da estrada encontra-se em mau estado. Curiosamente este ano até apostaram numa tentativa falhada de remendar uns tantos buracos com umas obras fatelas de nos fazer envergonhar, principalmente quando comparamos os pisos dessa zona com os de Ayamonte. Mais valia deixar estar e daqui a dois anitos deixavámos de ter tantos buracos. Passaria a ser um só, a Nacional 125, ela própria um enorme buraco. E aí depois faziam uma nova.

.

  Mas mesmo na zona de Faro onde a via até está mais ou menos transitável, o que é que temos... Um cheiro a peido que nem se pode. Parece que acabaram de cagar na estrada. Dá a ideia que juntaram mais de mil gajos com problemas de diarreia pra tentar bater algum recorde. Ainda se tentassem acertar nos buracos pra tapar, mas aparentemente o olho do cú é cego. É caso pra dizer que os tipos não são de olhão e tão pouco têm faro pra coisa. Puta que os pariu.

.

  Eu sei que Portugal tem uma boa apetência pra bater esses recordezecos da treta como o maior pequeno-almoço de cereais, a maior moqueca cozida, o maior pão-de-ló... agora tentar bater records da estrada mais fedorenta e mais cagada e com mais merda, e ainda por cima com grande parte das localidades do Algarve em competição, é que não dá. Os tipos devem organizar um grande panelão com um escadote e em filinha como se fossem tomar a hóstia, sobem os degraus, arreiam as calças e toma lá cagalhão prá panela. Mexem bem e depois com um camião de fazer cimento cobrem a puta da estrada de merda, como se fosse uma cobertura pra bolos.

.

  É impossível haver tanta merda sem que haja alguém que não se esforçe por a fazer. Há com certeza algum responsável municipal com uma atitude pró-activa nesta matéria. Até já estou a imaginar os vereadores dos vários concelhos a puxar... pela cabeça pra resolver o assunto... hmmmm... hmmmmmmmmmm... ... ...

  E uma coisa que eu não entendo, é que os tipos lá em baixo vivem do turismo. Eles vivem daquilo, logo como é possível existir tanta merda, a céu aberto? Onde é que eles foram buscar tanto cagalhão? Será que compraram aos indianos as sanitas em 2ª mão pra mostrar aos espanhóis exposições de louça e artesanato orientais?

.

  Agora de repente tudo faz sentido.

  Sempre me intrigou aquele sinal triangular de perigo que mostra um tipo a mexer com uma pá num monte, mas agora de repente fez-se luz. O monte em que ele está a mexer é um monte de merda e aquilo é nada mais nada menos do que um aviso aos condutores de que vão encontrar pela frente uma estrada de merda.

.

 

 

eh pah, sinto-me: bêbado com'a merda
Segunda-feira, 21 de Agosto de 2006

Desvarios de Férias

 

 

 

  Pois é malta, fim de férias. A vida é mesmo assim...

  O "bem-bom" também se acaba... e para mim as feriazinhas no Algarve já eram. E só consigo pensar numa coisa:

.

  - Foda-se, tava tão bem lá em baixo, caralho. Se encontro o filha da puta que inventou o trabalho, arrebento-lhe a cornadura à cabeçada (sou mesmo profícuo e pouco monótono quando me lamurio, né!?...)

.

  Mas isto vem a propósito pra lançar aqui para a discussão um tema que dei por mim a matutar enquanto expunha a minha delicada moleirinha ao esturro do sol e ía aqui e acolá coçando os colhões sempre que sentia na piroca um leve ardor de vontade. Isso acontecia quando passava algum mulherio de excelente qualidade acabado de vir do banho, ainda com água no pito, a escorrer gotas de salitre por aquele coxedo atlético bem bronzeado, e os mamilos agora muito grossos e tumefactos da água fria a quererem saltar pra fora dos minúsculos triangulos equiláteros unidos por fiozinho estreito e a que os peritos denominam em tom solenemente paneleiro de "soutien" num francês rebelde do nuorte, carago (...foda-se lá estou eu a coçar os ditos, e é só de me lembrar!).

.

  Ah... belas palavras "...vamos à água? Vamos". Ahhh!...

.

  Apesar de que este ano apanhei muitas ondas e não consegui abrir o caralho do colchão de água, nem sequer pra saber se o furo do ano passado (que fiz quando espetei o filho da puta contra as roseiras) ainda perdia muito ar.

  Mas voltando à vaca fria...

  A questão é que eu descobri como é que um suicida árabe se sente quando está prestes a fazer-se explodir. Eu próprio julgo ter sentido algo de muito similar.

  É que com o mar alterado, estar na zona de "rebentação" equivale a levar com toneladas de água na tromba com alguns fiapos de algas verdejantes enrodilhadas em chouriças acastanhadas que em tudo se assemelham a torpedos bem identificados que me abstenho de descrever. Só não sei se o cheiro é o mesmo, ainda não trabalhei bem esta parte da teoria.

.

  Se bem que estar na rebentação, levar com a onda e mandar umas farpas bem mandadas da feijoada da ceia da noite anterior, equivale a uma explosão de bem-estar com adrenalina à mistura e um leve travo a canela... sim, canela... As borbulhagens da água provocadas pelo peido, a subirem pela canela acima, passando pela zona das costas qual massagem shiatsu e indo rebentar na zona do pescoço. Simplesmente divinal; ploc á nossa frente, ploc na nuca, ploc na orelha, ploc ploc ploc... no nariz... shh, shh! Fantástico...

. 

 E pensar que fiz esta brilhante associação de ideias enquanto estava estendido na toalha e uma belíssima "muchacha" espanhola de corpinho voluptuoso e bem arrebitado me piscava o olho e lambia as beiças com ardor em câmara lenta, abanando o largo e sexy quadril num movimento sugestivo e provocante, enquanto me observava atentamente a espalhar o óleo bronzeador nos tomates e a polir cuidadosamente o mastro, entretanto tisnado pelo sol de Agosto...

  Foda-se!... caralho!... ... e agora digam lá se sou ou não um poeta de trazer pela "net".

.

 

eh pah, sinto-me: engarrafado
Sexta-feira, 18 de Agosto de 2006

Ambulâncias

 

  Eu estava parado em frente a uma ambulância no outro dia e reparei que a palavra "ambulância" estava escrita de forma invertida na frente do veículo. E eu pensei, "Bem, estes tipos são mesmos espertos." Olhei pelo retrovisor do carro e consegui ler a palavra "ambulância" atrás de mim. É claro que enquanto estás a ler, não estás a olhar para onde vais, e aí tens um acidente... Vais precisar de uma ambulância!

.

  Mas se pensarmos bem, porque é que eu preciso de ler a palavra "ambulância" pelo retrovisor? Será que as cores do veículo, as luzes coloridas em movimento e a sirene sempre a bombar no máximo não são suficientes para termos a certeza de que se trata mesmo de uma ambulância?

  - Hei, olha, o que é aquilo? É um OVNI? É um avião? Não. É o Super-Homem com uma super-sirene na cabeça e a fazer um super-ruído do caralho.

  - Como é que sabes?

  - Porque diz "ambulância" no peito do super-filho-da-puta... dahhhh!...

.

  Cá pra mim acho que eles estão é a tentar ganhar horas extraordinádias quando voltam da hora do almoço.

.

Nota: Post Programado. Motivo: Férias : )

eh pah, sinto-me: a regressar de férias, bêbado
Quarta-feira, 16 de Agosto de 2006

Casaco de Cabedal

 

  Eu tive uma vez um casaco de cabedal que ficou totalmente estragado por ter apanhado chuva. Fiquei tão fodido... Como é que é possível a água da chuva estragar cabedal?

  As vacas não andam cá fora ao tempo? E quando está a chover, será que as vacas pedem pra entrar nas casas agrícolas?  "Deixem-nos entrar, por favor! Todas nós estamos vestidas com cabedal! Abram a porta! Vamos estragar o fato todo aqui fora!"

.

  Ai vaquinhas, vaquinhas... de cabedal. Hum, gosto disso...

.

Nota: Post Programado. Motivo: Férias : )

eh pah, sinto-me: mesmo de férias... vacances!
Segunda-feira, 14 de Agosto de 2006

O Problema do Compromisso

 

  Porque é que o comprometimento é um problema tão grande para os homens?

  Eu acho que quando o homem percorre a estrada do amor, a mulher que está nesse momento ao lado dele, é como uma saída, só que ele não quer sair já da estrada. Ele quer continuar a conduzir.

  E a mullher está sempre a dizer, "Hei olha, uma bomba de gasolina, uma estação de serviço com restaurante, um sítio para dormir e descansar, ali está a nossa saída, é tudo o que precisamos para sermos felizes... Sai aqui, já!"

  Mas o homem está mais atento ao sinal que está mais à frente que diz, "Próxima saída 42 Km," e ele pensa, "Eu consigo. Eu consigo lá chegar."

.

  Ás vezes até consegue, outras vezes, não. Ás vezes, o carro acaba parado na berma da estrada, todo fodido com fumo a sair do motor. Ele está sentado na curva completamente sozinho e diz:

   - "Acho que não me apercebi da quilometragem que era capaz de fazer." "Agora vou ter de me contentar com um qualquer reboque que me leve pra casa. (vulgo, lar de idosos)...

.

Nota: Post Programado. Motivo: Férias : )

eh pah, sinto-me: a bufar no balão
Sexta-feira, 11 de Agosto de 2006

CSI - O Gajo do Giz

 

  Para mim o CSI é uma série fantástica e mostra muito como a polícia criminal actua (pena que aqui em Portugal não seja bem assim), mas venho aqui falar especificamente de um elemento que com certeza já toda a gente viu mas nunca se questionaram sobre a razão da sua existência, que é o... tipo que desenha a giz no chão, a linha à volta do corpo.

  Ora aí está. Nunca pensaram nesta merda, pois não?... Mas é pra isso que o kumkaneco cá está. Pra fazer uma análise sucinta e altamente profissionalizada, poupando o leitor dessas merdices intelectuais...

.

  Esses tipos devem ter uma vida boa. Não é muito perigoso, apesar de serem bófias pois os criminosos já estão bem longe por essa altura.

  Eu tenho pra mim que estes são individuos que sonhavam ser artistas e queriam desenhar pessoas mas nunca se saíram muito bem a fazer isso. "Olha, ouve lá, oh Chico, esquece os desenhos e pousa a merda dos pinceis e deixa-te lá de paneleirices. Chega aqui. Achas que se deixassemos o corpo ali pousado junto da valeta tu conseguirias fazer um risco à volta dele?"

.

  Como é que essa merda os vai ajudar a resolver o crime e a encontrar o culpado?

  Eles devem olhar pra coisa no local e depois dizem, "Ora bem, se o braço dele  estava dobrado desta forma quando caiu ao chão... logo, o assassíno deve ter sido ...  o Silva."

  - Ah... pois foi!... Tens razão!"

.

Nota: Post Programado. Motivo: Férias : )

eh pah, sinto-me: injectado com tinto
Quarta-feira, 9 de Agosto de 2006

Conflitos Sexuais

 

 

  Parece-me a mim que basicamente os conflitos entre homens e mulheres, a nível sexual, residem no seguinte:

  Os homens são como Bombeiros. Para os homens, o sexo é uma emergência, e não importa o que estejamos a fazer, nós podemos ficar prontos para a acção em dois minutos.

  As mulheres, por outro lado, são como o Fogo. Elas são bastantes inflamáveis, excitam-se muito facilmente, mas as condições têm de ser as exactas para que o incêndio possa ocorrer.

.

  Os homens e as mulheres em tudo, comportam-se exactamente como os nossos mais básicos elementos sexuais. Se repararem nas mulheres solteiras num fim-de-semana à noite elas têm um comportamento muito semelhante ao esperma -- estão todas desorganizadas, dando encontrões nos amigos, nadando na direcção errada:

  - "Eu vi-o primeiro." "Ele é o meu namorado." "Tu meteste-te entre nós, sua vaca." "É comigo que ele quer sair, sua puta." "Já brincaste muito com ele, estúpida de merda, agora é a minha vez." "Ahhh!!!" (puxando os cabelos umas das outras.)

  Elas são como Três Biliões de Espermatozóides numa luta incessante por sexo de qualidade.

  Mas o Ovo, está muito calmo e sereno adoptando uma "postura" muito cool:

  - "Bom, quem é que vai ser? Eu posso dividir, não sei se sabem disso... Eu posso esperar um mês. Eu não estou a nadar para lado nenhum!"

.

  É bom ser ovo, caralho!... desde que não seja escalfado...

.

Nota: Post Programado. Motivo: Férias : )

eh pah, sinto-me: como um ovo
Segunda-feira, 7 de Agosto de 2006

Um Encontro Amoroso

 

  Um Encontro Amoroso siginifica duas coisas: pressão e tensão.

.

  No fundo o que é isso de um encontro amoroso, senão uma entrevista de emprego que dura a noite toda. A única diferença entre um encontro amoroso e uma entrevista de emprego é que não existem muitas entrevistas onde há a possibilidade de tu acabares completamente nu no fim da dita.

.

  Vizualizem lá a cena:

  "Oh kumkaneco, o patrão pensa que tu és o homem certo para o lugar. Porque é que não tiras a roupa e vais conhecer algumas das colegas com quem irás trabalhar?"

  Ah, foda-se!... "Boot" lá trabalhar?!

.

Nota: Post Programado. Motivo: Férias : ) 

eh pah, sinto-me: em férias, caralho
Sábado, 5 de Agosto de 2006

Vou de Férias, Carago!

 

  Meia-noite e meia do dia 05 de Agosto de 2006...

  Pego nas malas e na babe e carrego pro carro.

  Saio agora mesmo de casa para ir de ... Férias.

  Ah, e vou experimentar essa merda dos posts programados pra não sentirem tantas saudades minhas.

  Até ao próximo post, que o Algarve espera por mim...

.

  Asta la vista!

.

 

 

eh pah, sinto-me: embriagado pela brisa do mar
Quinta-feira, 3 de Agosto de 2006

Kumkaneco de Gaja

 

  Este é o tipo de gaja que o kumkaneco mais aprecia.

.

  Visitem este URL,

(http://www.funnyinside.com/imagesmlst/Redhead.wmv),

pra perceberem melhor o que quero dizer...

.

  Se entretanto houver aí putedo desta qualidade, não hesitem em contactar aqui o kumkaneco. Será talvez uma oportunidade única que poderão ter para levar uma estroncadela à séria no bordedo da cona .

  O kumkaneco pertence àquela estirpe de aventureiros que não se fica por uma simples viagem de avioneta no aeroródromo da Maia. Não senhor. É preciso ir mais além e dar novas fronteiras ao mundo ... E porque não ir dar uma mijazinha gelada à Antártida, onde podemos tocar uma belíssima punheta à luz do dia e gritar bem alto:

.

  - Vejam bem, todo este branco que aqui está à volta... Fui eu, CARALHOOOOO!...

.

  A verdade também é só uma: Branco é, galinha o põe... ou o kumkaneco o pinta se não houver pitos...

  E poder fazer isto sem que haja por perto a bófia pra virem chatear com uma multa por mau estacionamento. Ah... isto sim é que é vida!

  Gosto de experimentar, tudo o que tenha fenda, no entanto como toda a gente, tenho as minhas preferências. É como tudo na vida.

.

  Sou capaz de comer um bom cuzido à portuguesa, mas prefiro um bom arroz de pito com laranja.

.

 

eh pah, sinto-me: num aquário de branco maduro
Quarta-feira, 2 de Agosto de 2006

Ter Bebés

 

  Um amigo meu acabou de ter um filho. Ele e a esposa pressionam muito para toda gente ir ver o puto. De todas as vezes que falo com eles, dizem: "Ah, pá. Tens de ver o bebé. Quando é que tu passas por aqui pra ver o bebé? Ver o bebé. Ver o bebé."... ...

  E se tu fores daquelas pessoas que em vez de teres filhos estás a cuidar do velhote, ainda ficas mais fodido porque ninguém jamais te vai visitar para ver o teu avô.

  Até parece que já tou a ver: "Tens que vir ver. É tão bonitinho! Tem 96 quilos. Adoro quando eles estão nessa idade. Ele tem mil meses. Oitenta e tantos é uma idade linda. Precisas de o ver. Hoje, ele foi à cagadeira sozinho."

  O que é chato sobre esta malta que tem um bebé é que tentas ficar tão entusiasmado quanto eles. Eles estão sempre excitadíssimos: "O que achas dele? O que é tu achas? Ah! Ah!... Ah!!! Ah!!!..."

.

  Foda-se, puta que pariu, chatos do caralho... pelo menos não sou nada monocórdico a dizer merdas pela boca fora!

.

  Só por uma vez gostaria de conhecer um casal que dissesse: "Sabes, não estamos muito felizes com o puto. Francamente, acho que fizemos um erro. Deveríamos ter arranjado um aquário. Queres levar o bebé? O gajo chora , chora e .... chora. Já estamos fartos."

.

  O mesmo digo eu, caralho!...

.

 

 

eh pah, sinto-me: a chuchar um "tango"
Terça-feira, 1 de Agosto de 2006

Os Suicidas

 

  Uma coisa que eu não consigo perceber sobre os tipos que se suicidam é o facto de se tentarem matar e não conseguirem, e... pronto! Param de tentar.

  Por que não continuam a tentar? O que foi que mudou? A vida deles melhorou agora? Não. Na verdade, piorou, porque agora existe mais uma coisa em que eles são uma merda. Acho que é por isso que eles não têm sucesso na vida. Desistem demasiadamente rápido.

.

  Quer dizer, os comprimidos não funcionaram? Tente enforcar-se. O carro não quer pegar na garagem? Arranje uma arma.

  Nada é mais recompensador do que alcançar uma meta que se fixou...

. 

  Por isso vamos lá à luta, caralho. Matem-se de uma vez, foda-se!

.

 

eh pah, sinto-me: a beber um Cabernet Sauvignon
Leu o Post? Gostou? Então não se esqueça de comentar! E já agora tem aqui ao lado os Posts Recentes para ler!
Clique para configurar o kumkaneco como a Página Inicial do seu browser

. . Bêbado(s) Online


.posts recentes

. Os Recursos de Isaltino

. Quando Eu Morrer

. Triplicado

. Do Desastre à Javardice P...

. Conselhos da Katya Bimba

. Voltei para o Vosso Âmago

. Papa Bento XVI cancela vi...

. Costumes Antigos

. As Escutas do Apito Doura...

. Casamento Gay Aprovado

. Os Blogs

. Os Muppet Queen

. A TV que me Marcou

. Semelhanças entre Tomás T...

. Ah Fadista!!!

. Sabedoria Popular Brasile...

. Notícia de Última Hora

. Começa Hoje a Vacinação C...

. Histórias do Vaticano

. Sombras Inesperadas

. Penteados Out-of-Bed

. Sabes Onde é que as Há? S...

. Têm Estado Dias de Muito ...

. Freguesias Bloqueadas

. Restaurador Olex (desenvo...

. Os Nossos Jornais

. Os Nomes das Coisas

. Prós e Contras da RTP

. Porrada Portuguesa

. Uma Operação do...

. Celibato dos Padres em Di...

. Novo Isqueiro da BIC

. Anus, Outra Vez

. O Guronsan

. O Resultado das Eleições

. Notícias TVI24

. Sou Parecido com o Zeinal...

. O Aspecto Interior é Muit...

. Buscas em Escritórios de ...

. Anúncios Manuscritos em P...

. Modernices e Burguesices

. Kumkaneco Pergunta

. A Onda dos Surfistas

. Couch Surfing

. A Gripe A

. Manual de Sobrevivência n...

. Mensagem aos Adeptos do «...

. Fim da Crise Anunciado, Y...

. Apelo ao Boicote da Igrej...

. O Clero, Manuela Ferreira...



.arquivo desde 2006

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Julho 2011

. Novembro 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

.fotos dos fãs

.prémios e blogs


Muito Obrigado à Lya por este prémio!
De Veludo e Sangue da Lya (Bad Lolita)


Muito Obrigado ao Site Olha que Blog Maneiro por este prémio!
Blog de Humor & Frases de Sérgio Alex


!
Câmara Lenta da Menina Margarida









Não se esqueça de ler os blogs que estão aí mais abaixo. São do melhor!








.visitantes



.Novembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.kumkaneco



Não se esqueça de ler os blogs que estão aí mais abaixo. São do melhor!






Copie para o seu blog
Colocar no topo ou em rodapé

468 x 60



Para colocar nas áreas laterais

128 x 89



Não se esqueça de ler os blogs que estão aí mais abaixo. São do melhor! Não se esqueça de ler os blogs que estão aí mais abaixo. São do melhor!



kumkaneco@sapo.pt

kumkaneco@hotmail.com

kumkaneco@gmail.com

.

.
Não se esqueça de ler os blogs que estão aí mais abaixo. São do melhor!



Referências na Blogosfera


Humor blogs

Humor Blogs - BlogCatalog Blog Directory

Divulgue seu blog!



Check Google Page Rank

Divulgue o seu blog!



Blog Directory & Search engine



blogarama - the blog directory

Web Hosting Directory by Blog Flux



Já sabem muito bem que aqui é um sítio pesado!...