Este é o banner do kumkaneco... Coloque-o no seu blog copiando a caixa situada no final do post!
Segunda-feira, 30 de Outubro de 2006

Shh... Silêncio!

... que a Vida se quer bela, e eu hoje estou comtemplativo.

.

eh pah, sinto-me: comtemplativo
Domingo, 29 de Outubro de 2006

Mudança da Hora

.

.

.

.

.

  Pois é. Lá nos atrasámos uma hora.

.

  Confesso que estou desconfiado. Estou para ver se não nos obrigam a fazer o mesmo no próximo domingo.

.

  É que com este governo, não me admirava nada que isto fizesse parte de um plano para, a pouco e pouco, fazer Portugal recuar trinta e cinco anos...

.

 

eh pah, sinto-me: atrasado
Sábado, 28 de Outubro de 2006

Limpezas a Seco

 

  Eu estive a pensar e cheguei à conclusão que a unica razão que me leva a ir à lavandaria a seco é só pra eu poder dizer à pessoa que está ao balcão:
  -"Está a ver, o casaco está estragado! E agora?"
.
  E claro que a funcionária responde:
  -"A culpa não é nossa. Nós não somos responsáveis por isso. Nós apenas estragamos a roupa. Aí termina a nossa
obrigação jurídico-legal, meu senhor."
.
  Não sei se estão a compreender, mas o problema com as lavandarias a seco é que no fundo todos nós, bem lá no
nossso íntimo, acreditamos piamente de que isto é realmente possivel. Não é?... Eles limpam as nossas roupas - mas eles não pôem nada de molho.

.

  Quer dizer, os tipos não vão molhar nada, nem sequer vão pôr um pouco de humidade. É tudo feito a seco... Eu sei que tem de haver algures lá atrás líquidos escondidos, de certeza. Talvez alguns fluidos... orgânicos!... Um desumidificador?!...
.
  Eles têm de estar estar a usar qualquer coisa que esteja em estado líquido, porque simplesmente não é
possivel que assim não seja... Essa história da "limpeza a seco" não existe, é um conto de fadas.
.
  Quando tu tens uma nódoa na tua camisa ou qualquer tipo de sujidade na dita, tu levas lá a camisa e ... eles
tentam tirar as manchas, como?!... com aquelas escovas pra camisas?! - isso sim é que seria limpeza a seco. Eu não acho que seja isso que eles fazem lá atrás. Eles não podem ter, o quê... 80 gajos bem musculados a esfregar com as... ditas escovas:

.
  -"Vá, vamos lá, foda-se! Toca a esfregar... Despachem-se... hoje temos muitas camisas pra lavar a seco, caralho!..."

.
 

eh pah, sinto-me: bastante limpinho

Odores

.

 

  Há pessoas que mascam chiclet com o cuidado de não cheirar mal da boca. Há outras que não. Antes de falarem perto de mim, se não tiverem... por favor, peçam-me...eu dou!

.
  Mas há outras que estão um bocado confusas, o hálito é fresco... elas não precisam de chiclet, precisam de Roll On....

.

 

eh pah, sinto-me: com náuseas
Sexta-feira, 27 de Outubro de 2006

O Algodão Não Engana

 

  É muito porreiro andar com gajas mas não pensem que é tudo facilidades. Este mundo das relações é um mundo de dor e de muito sofrimento. Não é definitivamente um local muito agradável de se estar.
.
  Senão vejamos:
  Se uma mulher vier lá a casa, então será aconselhável que eu tenha aquela casa-de-banho (habitualmente imunda), pronta para a receber, isto porque ela vai precisar de certas... coisas. As mulheres precisam de equipamento. Eu não sei exactamente do que é que elas precisam, mas duma coisa eu sei... eu sei que não o tenho. Isso eu sei...
.
  Mas sabem mesmo do que as mulheres realmente precisam? O que as mulheres parecem mesmo precisar é de muito, mas mesmo muito... algodão.
  Estou a falar daquelas bolinhas de algodão... Mas eis uma coisa impressionante que vos passo a revelar. Eu não tenho bolas de algodão lá em casa.

  Deveria ter?... Essa é a questão pertinente.

  Afinal não somos todos seres humanos? O que é que se passa, então? Qual é a história? É que eu nunca tive uma bola de algodão... eu nunca comprei uma, eu nunca precisei de nenhuma, e nunca estive numa situação em que pensasse:
  -"Eh pá. Estou tramado. Eu poderia usar uma bolita de algodão neste momento, pra me safar."
.
  Mas o problema ainda mais grave com as mulheres é que elas precisam das bolas de algodão. E não precisam apenas de uma ou de duas, elas precisam delas aos milhares, elas precisam de sacos delas, e estamos a falar daqueles sacos grandes como os que são usados pra guardar fertilizante natural... já alguma vez viram esses sacos gigantescos? Eles são enormes e podem levar quilos e quilos de estrume lá dentro, e dois dias depois eles, estão vazios, as bolas de algodão... desapareceram e o saco está vazio.
  Para onde foram as bolas de algodão, senhoras? Que raio é que vocês andam a fazer com elas?
.
  O unico momento em que eu as vejo, é quando elas jazem já no fundo do pequeno cesto dos papéis, e sempre em grupos de duas ou três. Parece que passaram por alguma experiencia horrivel... torturadas, interrogadas?! Eu não sei o que se passou com elas, mas...
.
  Eu uma vez saí com uma tipa que deixou esquecido na casa-de-banho um pequeno saco daqueles com um fechinho de laço, e cheio de bolas de algodão lá dentro. Eu não sei o que hei-de fazer com aquilo. Eu tirei-as pra fora, pu-las no chão da cozinha como se fossem pequeninos pedaços de arbustos e o meu raciocinio foi o seguinte:

.
  Se as baratas virem as bolas de algodão e as confundirem com os tais arbustos soltos pelo vento, elas poderiam pensar que aquilo talvez fosse uma cidade abandonada do faroeste:
  -"Vamos lá malta, toca a andar... isto é tudo nosso! Ihhhhhhh Haaaaaaaaa..."

.

  E aí apareço eu com um sapato. E ao bom estilo de Billy the Kid... PUM! BANG! HUMPF...

  Caralhos me fodam, se não as apanho a todas...

.

 

eh pah, sinto-me: um xeriff feito de algodão
Quinta-feira, 26 de Outubro de 2006

Uma Questão de Tolerância

.

 

 

Durante a refeição bebo sempre água

e só bebo vinho se estiver a jantar com mais alguém...

.

Ajuda-me a tolerar a companhia!

.

.

 

eh pah, sinto-me: tolerante
Quarta-feira, 25 de Outubro de 2006

Especialista dos Tomates

 

  No outro dia fui a um médico meu conhecido, com o saco inchado.
  -"Eh pá ando aqui com uma comichão do caralho nos colhões, pá!"
  -"Não percebi! Tás com uma comichão no caralho dos colhões?"
  -"Não pá, lá estás tu com as tuas distracções. Se fosse isso achas que vinha cá?! Ora vê, oh ... oh... tás a ver? Tá inchado esta merda."

  Só me faltava agora andar de pernas abertas pra esses gajos!...
.

  -"Não te preocupes..."
  O médico meu amigo lá me explicou que tudo não passava de uma pequena inflamação no testiculo esquerdo, que não era nada grave etc., mas que era melhor consultar um especialista. E ia me dar o cartão de um colega urologista. Mas, com a conversa toda, enganou-se e deu-me um de outro amigo advogado.

.

  Quando fui lá ter com o dito gajo, pensei que estava diante de um médico especialista em colhões, mas não. O gajo era advogado:
  -"Em que posso ajudar?"
  Mal o tipo abriu a boca, baixei as calças e mostrei-lhe:
  -"Como o senhor doutor pode ver, estou com uma inflamação no testículo esquerdo." 

.
  O advogado ficou a olhar pr'os colhões, sem entender um caralho do que se estava a passar. Pensou, pensou e disse:
  -"Meu amigo, deve haver aqui um equívoco."
  Um quê?... Quer dizer, já estava fodido por estar ali naquela bonita posição, ainda por cima com os colhões a ficarem enregelados da aragem fresca que se fazia sentir, sujeito a constipar a cabeça do caralho e o gajo ainda tem a lata de dizer:
  -"Um equí... quê?!"

.
  -"Oiça... a minha especialidade é o Direito."
  O quê?! Pára tudo... Mas, afinal... quer dizer, é que fiquei tão fodido que disparei logo:
  -"Vá ser especialista assim lá na puta que o pariu,!!!... da-se!"

.

 

eh pah, sinto-me: quilhado
Terça-feira, 24 de Outubro de 2006

Coisas de Homens

 

  Enquanto homem eu nunca sei muito bem como acabar uma relação com outro homem. Não sei se entendem o que quero dizer? Eu simplesmente não sei como hei-de chegar lá:

  -"Jorge, eu sinto que preciso de estar com outros homens..."

.

  Percebem agora o que eu quero dizer? Não há nada que eu possa fazer... Tudo o que faça vai parecer rotice da minha parte.

  A unica maneira que eu vejo pra resolver isto, é esperar que alguém morra. E isso pode demorar muito... muito... mas muito tempo.

.

  Por outro lado uma das características mais interessantes que existe nos homens é que nós podemos tornar-nos amigos baseados em praticamente quase nada. Dois tipos podem-se tornar bons amigos apenas por serem dois tipos.

  É tudo o que precisamos de ter em comum porque futebol - futebol e gajas - é mesmo só disso que a malta vai precisar pra falar. Esses são os assuntos basilares na qual se irá fundar uma profunda e segura amizade.

.

  Agora imaginemos que não havia futebol ou mulheres... a unica coisa que os homens iriam falar entre si, era:

  -"Então... o que há no frigorífico? Não tens cerveja? Foda-se... Mas que raio de amigo és tu, caralho?!..."

.

 

eh pah, sinto-me: cheio de amigos
Segunda-feira, 23 de Outubro de 2006

Dulce Pontes

.

É da minha vista,

.

ou a

.

Dulce Pontes

.

está igual à

.

namorada do shrek?

.

 

 

Domingo, 22 de Outubro de 2006

W.C. Público

 

  Estás no Centro Comercial e precisas mesmo de ir ao W.C.

  Guardaste-te até ao fim pra tomar aquela decisão mas no final, sabias que serias recompensado. Chegas lá e vês que está em limpeza!... Nada de pânico, é apenas um contratempo. Não estavas a contar com aquilo mas a convicção está do teu lado, afinal és um homem com um objectivo. Ora bem, o que fazer?... Corres para o próximo que se encontra do outro lado do Centro e tu pensas:
.

  -"É uma longa caminhada, mas eu consigo... é só não me abanar muito pra não deixar cair nada pelo caminho."

.

  Enquanto caminhas não consegues impedir-te de sentir uma ansiedade e ao mesmo tempo um contentamento... aquelas pessoas que se cruzam contigo não sabem o júbilo que vai dentro de ti, não sabem o fogo que entretanto começara a subir da bexiga e que agora envolvia todo o teu abdómen. Sentes as pernas a entorpecer e a vontade a tomar conta de ti mas, não podes ceder. Tudo está em jogo e naquele momento todos os planos feitos, as sensações de prazer e angústia, o saborear daquele momento de antecipação é mais forte e só consegues ouvir uma frase que te perpassa pela tua mente impelindo-te, rogando-te "aguenta, aguenta... ou tudo terá sido em vão..."
.

  Chegas finalmente lá e pensas no Bush e na festa do barco, "Mission Acomplished"; deixas escapar um sorriso pois sabes que a verdadeira e crucial missão ainda estavam por cumprir.

  Abro a porta do W.C... estou com a bexiga três vezes maior que o normal, a morrer de vontade para mijar tal como eu gosto. Ah, óptimo... Os mictórios estão todos livres, mas antes ainda ponho a água a correr no lavatório, um dedo na água fria que sai pela torneira com o barulho característico e tento aguentar, ouve-se a água e o ranger dos meus dentes...só assim conseguirei atingir os meus objectivos. Juntar o maximo de urina para quando sair ter a potência e a temperatura ideal para concretizar o meu sonho:
.

  -"Desgastar pela primeira vez na história uma bola de naftalina no urinol!"

.
  Tenho treinado imenso, há anos que mijo para as bolas de naftalina para as desgastar, nunca consegui! Na casa de amigos quando ía ao W.C mijava contra o W.C Pato....um bom treino para quem aspira a imortalidade de desgastar uma bola de naftalina inteira, mas tudo começou quando desfiz a minha primeira beata de cigarro. Logo na primeira vez sobrou-me mijo na bexiga e pensei... "o que vou fazer com o resto?... Não vou só... Mijar!!... Tenho de fazer algo mais"... E foi então que depois da beata de cigarro desfeita e com o precioso resto, consegui através de uma série orquestrada de jactos desenrolar o papel amarelo do filtro. Foi o ínicio de uma nova forma de urinar!!!...

.

  Desaperto o fecho zip que esconde dentro de si algo volumoso. Saindo das suas profundezas como um monstro de olhar penetrante e ainda envolvido no seu sono catatónico, eis que sai cá pra fora. Num primeiro momento de forma hesitante mas num repente como que subitamente acordado e arrancado ao seu deleite, de um só salto dá um pinote glamoroso como uma baleia em ascensão a saborear o seu primeiro gole de oxigénio. Há vida e forma naquele ser cilíndrico e no entanto a sua função primordial tinha sido negligenciada, tudo em prol daquilo que me preparava para fazer.

  Após o inicio impetuoso, o bicho acalmou. Ululando ritmadamente, movimentava de forma suave todo o ar que lhe rodeava e como um resfolgar de um cavalo que se prepara para a corrida, ganha corpo e assume-se como uma entidade autónoma plenamente concentrada na missão que finalmente o ía por à prova de uma forma como ele nunca antes pudera imaginar.

.

  Está quente... o calor dissipa-se e sente-se o choque da temperatura mas ele está firme, não desiste e está convicto. O último passo aproxima-se como um volteio de alegria e tristeza. Com um unico e sólido arranco, a urina salta e invade todo aquele mundo exterior... a névoa que se dissipa como que saudando a desconhecida atmosfera que a envolvia. O estertor continua e a sensação invade-me como uma abundante ejaculação precoce de um jovem inexperiente que toca à punheta pela primeira vez.

.

  O suor do rosto... A expressão inamovível de prazer que não consigo arrancar da cara...

  Enquanto me recomponho, pingas de suor rolam e escorrem da minha testa, um resto de líquido escoa lentamente do fundo da bexiga dispersando-se por todo aquele ovalado aposento branco.

.

  E é então que vejo... a bola de naftalina... ... desapareu! Evaporou-se, esfumou-se naquele ambiente glacial e orvalhado. A missão tinha sido cumprida e a alegria invade os meus sentidos que se esforçam pra reter a imagem fugaz da dissipação da bola e do momento da mija gloriosa.

.

.

  Ouve-se um barulho estridente. A porta abre-se com uma força espadada. Chegam visitas não totalmente inesperadas.
  Fecho o zip das calças, lavo as mãos e componho-me ligeiramente. Saio porta fora com um sorriso discreto nos lábios e baixo o olhar a pensar...

  -"Portaste-te bem... não te preocupes, temos tempo. O momento de celebrarmos chegará e garanto-te que não o iremos fazer sozinhos, somente acompanhados de uma toalha de papel e de uma revista pornográfica! Não... desta vez tenho algo de especial reservado pra ti... O belo e redondinho cu da Maria, a tua, perdão... a nossa amiga!"
.

 

  É bom ter amigas assim, caralho...

.


eh pah, sinto-me: com vontade de mijar
Sábado, 21 de Outubro de 2006

Megafone

 


Os meus posts não são para ser lidos,

mas sim para serem

gritados

do alto de um andaime


.

 

eh pah, sinto-me: a implodir

Revelação Divina

  


- eu...

.

Esta é a palavra dos teus filhos que tu nunca amparaste
aqueles que te amaram e tu abandonaste
aqueles que te chamaram e que tu desprezaste
aqueles que guerrearam quando tu recuaste
aqueles que acreditaram sem que tu te revelasses
aqueles que mendigaram e tu não alimentaste
aqueles que se esgotaram, tombaram, arrastaram-se
definharam, imploraram-te e tu não levantaste
que Mundo é esse que se alimenta da nossa amargura
e que sustenta o seu progresso com a nossa penúria
será que não ouves as lágrimas afilhadas da sorte,
e os corações que batem resignados à espera da morte?

.

 

.

- D:E:U:S

.

Eu sou o vosso Deus, sou o vosso criador
Eu sou a vossa luz, pai, juiz, protector
Eu nunca vos abandono eu estou sempre por perto
e através da fé, sentirão o Meu afecto
basta acreditar em Mim e seguir os Meus ensinamentos
que terão a salvação e acabará o tormento
fraquejarás se duvidares da Minha existência
porque a chave da libertação reside na crença

.

.
- eu...

.

Eu vi-te nos versos que a beleza tornou poesia
na esperança que o sol trazia em cada novo dia
no cravo vermelho que resistia nas noites sombrias
no amor destes homens de bolsos e mãos vazias
eu vi-te na espada que ensanguentou Lúcifer
no futuro que florescia no ventre duma mulher
na causa dos justos que a ambição não destruiu
e no sorriso das crianças que a inocência pariu
mas perdi-te intensidade desta dor permanente
no estrondo das balas que levaram gente inocente
na frieza dos tiranos que a Democracia formou
na exploração dos fracos que o Mundo legitimou

.

.

- D:E:U:S

.

Eu não sou a única força transcendente deste Universo
o Diabo também existe, é o Senhor do Mundo Perverso
é Ele que divide e atrai os homens ao pecado
tu tens que resistir pois o Diabo é obstinado
Eu dei-vos livre arbítrio, liberdade total
cabe a cada um de vós decidir entre o Bem o Mal
é a falta de Moral que traz desordem e desgraça
se viverem por Mim o Mal deixará de ser ameaça
  

.

.
- eu...

.

Mas onde é que estás
quando o sofrimento nos aprisiona
quando até a Esperança diz que já não vale a pena
quando todo esse Mal se apodera dos homens alastra-se e elimina
todo o Bem que nos abrigou

Onde é que tu estás
quando a fome abate mais um crente
quando a felicidade passa a utopia dos dementes
quando a escuridão invade o nosso espaço assume-se
soberana sobre o Sol que nos criou

.

.

Eu não percebo a tua existência e o teu poder transcendente
do que vale saberes tudo se continuamos inconscientes
do que vale poderes tudo se nós vemos sofrimento
do que vale veres tudo se nunca te fazes presente
quando parece que te manifestas, escondes-te num ápice
como te escondeste naquele nevoeiro que encobriu Auschwitz
naus partiram com escravos e tu ficaste à varanda
camuflaste a mancha de sangue que inundou o Ruanda

.

.

- D:E:U:S

.

Seria tudo assim bem fácil a culpares-Me de tudo
mas são os homens a causa do descalabro do mundo
Eu não posso interferir, apenas assisto e analiso
só no julgamento final é que Eu corrijo e decido
lembra-te que a vida terrena é só uma passagem
e depois da morte ainda terás uma portagem
os pecadores serão punidos e arderão no Inferno
os bons serão felizes no Paraíso eterno

.

.

- eu...

.

Não tem sentido…
Então porque é que não nascemos logo no Paraíso?

.

.

- D:E:U:S revelando-se

.

Tu fazes muitas críticas, acusações e perguntas
agora vou abrir o jogo, só para ver se tu aguentas

Deus só existe fantasiado na vossa mente
eu sou o Diabo, o único ser superior existente

.

.
vocês são minha criação, feitos à minha semelhança
por isso é que o mundo é um palco de Malevolência
quando praticam o Bem é só um acto de desobediência
vossos instintos naturais são o ódio e a ganância
terão sempre a ditadura, a escravatura, a opressão
descriminação, censura, repressão
minha função foi criar-vos para autodestruírem-se
para fustigarem-se, invejarem-se, consumirem-se
para mergulharem na imperfeição, erro e pecado
enlamaçarem-se no Mal que eu tenho libertado
vou assistir, desperto e alegre ao vosso caos inquieto
até este planeta se tornar na Terra-Mãe do inferno

.

.

Deus só existe fantasiado na vossa mente...

.

.
- Anjo Negro

.

Será em vão rezares por um sonho que não verás
e ambicionares por um Mundo que não terás
não esperes Justiça onde nunca houve Paz
não há salvação nas terras de Satanás

.

.

 

eh pah, sinto-me: frustadamente descrente
Sexta-feira, 20 de Outubro de 2006

Dinheiro Preguiçoso

 

  Eu não sou um investidor. Não tenho propriamente pinta de capitalista. As pessoas sempre me dizem:
  -"Tu devias por o teu dinheiro a trabalhar pra ti."
.
  Mas eu já há algum tempo que decidi que eu é que vou trabalhar. Decidi que vou deixar o dinheiro a relaxar. Percebem o que
eu quero dizer?

  É que tu mandas o teu dinheiro pra lá - a trabalhar pra ti - e muitas das vezes, ele acaba por ser... despedido.

.
  Quer dizer, tu voltas lá e perguntas:
  -"O que é se passou? Eu tinha o meu dinheiro. Ele estava aqui, e estava a trabalhar pra mim."
  -"Ah... sim, sim... Eu lembro-me do seu dinheiro. A picar o ponto tarde e a más horas. A tirar muitas folgas.
Enfim, nós... tivemos que o dispensar e deixá-lo ir."
.
  Pois, pois! A mim é que não me enganam. Só por causa disso, a única preocupação que tenho actualmente, é apenas e tão só a de não mijar abundantemente no colchão!

.

 

eh pah, sinto-me: desconfiado
Quinta-feira, 19 de Outubro de 2006

Amigos da Treta

 

  Eu sei, que... quer dizer, cheguei à conclusão de que existem um certo tipo de amigos na tua vida que serão sempre teus amigos, mesmo contra a tua própria vontade.
.

  Tu vês. Olhas pra eles... mas na realidade tu não queres olhar pra eles.
  Tu não telefonas. Eles telefonam-te a ti. Tu não respondes aos telefonemas. Eles telefonam-te outra vez.
.

  A única forma de ultrapassar isto é fingindo. Só assim conseguirás falar com pessoas com as quais não possuis qualquer tipo de afinidade.
  Finges que estás a apresentar o teu próprio programa de televisão. Uma espécie de "talk-show" privativo. É isto que eu costumo fazer. Tu fazes de conta que existe uma pequena mesa á tua volta e começas.
.

  O único problema é que no final não podes dizer, "Pronto, foi óptimo tê-lo aqui no programa, mas infelizmente não temos mais tempo, caralho..."

.
 

eh pah, sinto-me: cheio de amigos
Quarta-feira, 18 de Outubro de 2006

Jantar Fora

 

 

  Nós fomos jantar fora na outra noite e a conta chegou até nós no final da refeição, como sempre chega.

.

  Nunca gostei muito deste sistema da conta que chega no fim da refeição, porque o dinheiro tem um diferente significado antes e depois de tu comeres. Antes de comeres, o dinheiro não tem valor. E tu nem te importas com o dinheiro quando estás esfomeado. Tu apenas sentas o teu rabo gordo na cadeira do restaurante, e pronto.

.

  Ocorre logo ali uma pequena transformação. Tu sentes algo de diferente. Sentes-te poderoso nessa posição. És quase como o chefe de um grande império:
  -"Oh preto... mais bebidas! Oh preto, mais aperitivos, rápido, rápido com essa merda! Irá ser a mãe de todas
as refeições. A refeição das nossas vidas, sabes...!"

.

  E depois, logo após teres terminado de comer, tu estás... quer dizer, tu tens o fecho das calças desapertado, tens os guardanapos completamente destruídos, cinza do cigarro espalhada por cima do resto do puré - e é então que a conta chega naquele preciso e exacto momento.

.
  As pessoas ficam sempre incomodadas com isto. Elas ficam afectadas com o pormenor da conta. O tal pormenor que
tem o poder de as trantornar por completo:
  -"O que é isto? Mas afinal, o que vem a ser isto?! Como é que foi possível?"

.

  Eles começam a passar a conta de mão em mão ao longo da mesa:
  -"Este valor parece-te correcto? Isto é um valor muito elevado! Além disso nós agora já não temos fome. Porque
é que estamos a comprar toda esta comida?! Olha bem pra isto. Lagosta à Thermidor... Lombinhos de Javali recheados c/ Alperces... Perna de Veado à Moda do Chef... tu comeste isto?!

.
  -"Pera aí, pera aí... Salmão Deitado na Praia...?? Mas que raio... Patos no Lago dos Cavalos Marinhos...?
Lombo de Porco Montado em Girassol???!"

.
  -"E quem é que pediu este... Coelho Montado à Sacerdote...!?... ahhhh...!? Fooooda-se!..."
.

eh pah, sinto-me: bem comido
Segunda-feira, 16 de Outubro de 2006

DOCTOR LOVE

 

 

  Inauguro hoje... aqui, uma nova área de interesse denominada de "DOCTOR LOVE" onde a vasta audiência que me visita, poderá bombardear com perguntas mais ou menos estúpidas do tipo "Revista Maria".

.

  O Doctor Love irá estar aqui regularmente para responder a todas essas vossas dúvidas com a experiência e o profissionalismo que habitualmente o caracterizam...

.

Pergunta do Luis de Lisboa:

FIQUEI VICIADO NO TELEFONE

 

  Dr. Love. Escrevo-lhe pois espero que me possa ajudar.
  Liguei para um desses números eróticos. Gostei tanto da experiência que tenho repetido constantemente. O meu
receio é que se torne uma obsessão. Como posso controlar isto?
.
Resposta Dr. Love:
 
Meu caro amigo Luis. Acho que você precisa urgentemente de pedir à sua namorada que lhe bufe nos colhões a ver se estão rotos. E já agora, meta em simultâneo o dedo no cu... só pra ter a certeza.
  Quer dizer, com tanta gaja boa no mundo pra foder e você liga pros números eróticos?
.
Pergunta de Lúcia de Setubal:

A PRIMEIRA VEZ DÓI MUITO?

 


  Caro Dr. Love. Estou muito curiosa. Uma amiga minha já teve sexo com o namorado e disse-me que tinha sido horrivel, que lhe tinha doído muito e que receava voltar a fazê-lo. Eu comecei a namorar e já começamos com as "brincadeiras", mas será que também me vai doer assim?
.

Resposta Dr. Love:
  Cara Lúcia. A sua amiga só 
lhe disse isso pra ninguém lhe pegar no montador. Ela não quer concorrência pro animal que a anda a cobrir. Ou isso ou o gajo é um cavalo e aí concordo que a experiência possa ter sido horrivel... pro cavalo, claro.
.
Pergunta de Victor de Gondomar:

GOSTAVA DE ENTRAR NO JOGO

 

  Caro Dr. Love. Tenho uma colega casada, que costuma relacionar-se com outros homens que conhece pela Internet. Também gostava de tentar, mas será seguro?
.
Resposta Dr. Love:
  Caro Victor. Se quiser começar por algo seguro, porque não ligar-se a essa sua colega de trabalho pela
Internet? Certifique-se que usa o firewall correcto e aproveite bem os "cookies" dela. Além disso se ela não lhe quiser dar a rata pode sempre perguntar ao marido dela se realmente é
seguro o que a puta da mulher dele anda a fazer. Se ele lhe partir os cornos, terá aí a resposta à sua questão.
.
Pergunta de Dina da Buraca:

TODOS ME DEIXAM EM POUCO TEMPO

 


  Querido Dr. Love... Com 17 anos, já tive três namorados, todos pretos. Todos me dizem que eu sou uma bomba na cama, mas largam-me em pouco tempo.
.
Resposta Dr. Love:
  Realmente cara Dina, com 17 anos já é uma mulher feita. Com certeza que já está habituada a levar no cagueiro ao som de "Vou-te foder, ó puta". O problema reside no facto de eles terem medo que a gaja boa que há em si...
a bomba na cama que a minha querida afirma ser... lhes expluda com os caralhos... colhões incluídos.
.
.
  E pronto por hoje é tudo. Voltarei proximamente com mais perguntas vossas, às quais tentarei dar resposta por forma a
ajudar-vos a ver a vida de uma outra maneira... e a foder como deve ser, caralho!...

.

 

eh pah, sinto-me: in Love
Sábado, 14 de Outubro de 2006

Esta Vida Triste

.

 

A minha mãe rezava todos os dias.

Ía à missa todos os domingos...

Mas nós sempre vivemos mal,

sempre passamos fome.

.

Do pouco que tinha

partilhava até com pessoas

que precisavam menos do que ela!

Morreu miserável e sem nada.

.

Parece que foi tudo em vão...

.

Que mal fez a minha mãe a Deus!...

.

 

Relato de uma triste e assustada menina órfão de 12 anos

.

 

  Este é o mundo em que vivemos e não vale a pena virar a cara, até porque... somos todos um pouco responsáveis por ele!

  Quantas crianças no mundo não estarão neste preciso momento a chorar por fome, por afecto, por abusos e maus tratos... Tanto sofrimento neste mundo... tanto...

.

  Hoje não me apetece brincar...

.

  Recolho-me abatido e exausto ao meu pequeno e confortável nada... Oiço apenas uma voz que repetidamente ecoa na minha mente e me tenta convencer - amanhã será melhor... Sim. Amanhá será melhor, mas hoje... não brinco!...

.

  Até amanhã...

 

eh pah, sinto-me: ... triste
Sexta-feira, 13 de Outubro de 2006

O Pantano da Corrupção

 

  Estamos enterrados num país de corruptos e ninguém faz absolutamente nada...
  Veja-se o caso do envelope 9, em que nada foi descoberto. Se calhar os culpados ainda vão ser os correios, querem ver?

  O PGR Souto de Moura sai, nada é dito e, afinal de contas que raio é que se passou com o dito envelope...?!
  Aliás, o caso do Envelope 9 é uma distracção dum caso principal. É mais uma tentativa de desvio das atenções de uma classe corrupta e parasita envolvida em muitas situações obscuras desde um aeroporto em Macau a um novo em sítio de otários.
.
  Não podemos ficar calados e deixar isto acontecer. É necessário intervir e participar na luta contra este cancro da sociedade.

  Devemos exigir que casos como o de:

  • Macau,
  • eurominas,
  • fundo social europeu,
  • partex,
  • navios expo,
  • U.G.T.,
  • pilotos,
  • Cascais,
  • Judas,
  • Oeiras,
  • Felgueiras,
  • sacos azuis,
  • aterros,
  • freeport,
  • fundações,
  • sisas – que fez cair três ministros, mas que ainda por lá anda um, o da avenida de Roma,
  • pareceres,
  • estudos,
  • pressões sobre a justiça,
  • Casa Pia – donde saiu em apoteose um directamente dos calabouços para o parlamento,
  • e tantos outros...

  Não esquecendo as derrapagens no custo das obras publicas. E tantas mais outras que não quero aqui referenciar. Mas que existem.

  Não falo de futebol porque é o reflexo puro da qualidade directiva nacional. Fica como coutada privada dos malucos da bola.
.
  Sobre Souto Moura. Cometeu um erro?... Sim, meteu-se como PS, e parafraseando alguém: “Quem se mete com o PS leva.” - palavras sábias.
  Por estas poucas que nem representativas são, temos que intervir. Pelo menos já conseguimos colocar na agenda dum presidente o termo “combate à corrupção”. A altura é a certa, pois eles preparam-se para drenar de penas o pântano.
.
  Os tipos encobrem-se uns aos outros.
  Os cidadãos eleitores têm de ter uma forma eficiente de responsabilizar toda essa gente e de correr com "eles", lhes tirar o tacho, lhes puxar o tapete, lhes pôr rédea curta, desentulhar o lixo, para se poder "arrumar a casa", para acabar com tanta bandalheira absurda e destruidora... como a nossa negra realidade evidencia!

.

 

eh pah, sinto-me: enojado

Religião Mercantilista

 

  Pois é; hoje é dia 13.

  Cruz-Cristo, nã senhora! Não estou a falar do azar. Estou a falar que hoje é dia de peregrinação a Fátima.
.
  Bem... ... ... Estou pr'aqui a conter-me nas palavras... porque... prometi á miuda que... não falava mal destes filhos da... não, não, destes eclesiastas, pois!
  É que a miuda é catequista e pediu-me e eu, ... sabem como é o kumkaneco... Coração mole, piroca dura, né?!
.
  Eu até vou falar bem destes palh... quer dizer, dos bispos... sim, dos bispos que após uma reunião chegaram a uma conclusão alarmante que subscrevo inteiramente.
  Os bispos portugueses colocaram "a excessiva comercialização do desporto” na lista dos Sete Pecados Sociais que afligem a nossa sociedade. Meditei muito. Realmente... como devem calcular, meditei muito sobre isto, e... acho que desta vez eles até têm razão.
  É inquietante o nível de comercialização que existe no futebol actual. E há números que provam isso.
.
  É que hoje em dia, já se vendem quase tantas camisolas do David Beckam como bonés de Nossa Senhora de Fátima. Com franqueza... Quer dizer! Respeitinho aí, caralho.

.
  Ai... Foda-se... Oops! Xiiiiiii... tou fodido... Aiiiii!

.

 

eh pah, sinto-me: aldrabado com as indulgências
Quinta-feira, 12 de Outubro de 2006

Abortos Políticos

 

  Em vésperas da peregrinação a Fátima, o aborto está de novo na ordem do dia entre a classe política.

  E é natural que os políticos se preocupem com isso.

.

  É que se o aborto fosse legal metade deles não existiam.

.

  Estou farto destes filhos da puta. E só por causa dessa merda, brevemente vou publicar um post sobre Corrupção.

  Foda-se...

.

 

eh pah, sinto-me: fétido
Quarta-feira, 11 de Outubro de 2006

Fila no Banco

 

  Eu não gosto muito de ir ao banco.

.
  Ouço constantemente aquela expressão:
  -"Queres dinheiro, vai ao Totta." - Mas eu, na verdade, nunca vi ninguém a ir ao Totta e a trazer de lá dinheiro que já não tivesse na conta... ou que não fosse emprestado, claro:
  - "Tantos anos andei eu a suar as estopinhas e afinal era só vir cá e pedir... porra!" ou então "Gastava fortunas no euromilhões, nunca me saiu nada. Desde que comecei a jogar no Totta que sou um homem rico."
  Eu por acaso até tenho conta no Totta e nunca se me constou que eles estivessem a dar esse tipo de baldas, mas...
.
  Uma das razões pela qual não gosto de ir ao banco é porque nos balcões centrais situados mesmo no centro da cidade (balcões que normalmente utilizo), estão sempre a abarrotar de gente. Os tipos até tiveram de instalar um sistema de linhas como aquelas que existem nas entradas das atracções do Zoomarine.

.
  Mas pior ainda, é precisamente quando não está ninguém... Vocês sabem, a certas horas do dia, o banco está vazio e tu chegas ali, olhas pro's caixas que estão a 5 metros de ti... eles olham pra ti... e mesmo assim tens de percorrer todo aquele labirinto para lá chegar:

.
  -"Podem ir buscar um pedacinho de queijo pra mim? Eu estou quase a chegar à caixa! Eu gostava muito de ter a minha recompensa, se faz favor!... Estou à espera!.. ... ... Ainda estou à espera!... Olhem que eu volto pra trás e vou-me embora, ou escolho o caminho errado e salto pra caixa e parto-vos a tromba, caralho! Portanto, vamos lá a reforçar o comportamento induzido desta merda, foda-se!..."

.

  Ainda faço como aquele gajo do assalto ao banco em Setúbal... afinal, não tenho pais ricos, nem  ganhei a lotaria, por isso... hehehe!

.

 

 

eh pah, sinto-me: condicionado
Terça-feira, 10 de Outubro de 2006

A Ferramenta dos Homens

 

  A maior parte dos homens gosta é de trabalhar em coisas, coisas com ferramentas, objectos, objectos com ferramentas, arranjar coisas...

.
  Isto é o que os homens gostam de fazer. Nunca viram um tipo cá fora no acesso da garagem a trabalhar em alguma coisa com alguma peça de ferramenta? Quando isso acontece hão-de reparar como todos os outros homens da vizinhança são como que magneticamente atraídos para aquela actividade. Eles apenas vêm a caminhar pensativamente e de olhar fixo pra fora de casa como se fossem zombies, em direcção ao local só pra ver o que se passa.
.
  Os homens, e isto é verdade, os homens ouvem um barulho de uma máquina de furar, e é quase como se fosse um apito pra cão. Quando isso acontece, nós... vamos logo a correr pra janela da sala, levantamos a cortina enquanto espreitamos e dizemos:
  -"Sabes querida, acho que o Silva está a trabalhar nalguma coisa ali fora..."
.
  E então como não resistimos ao impulso, vamos lá fora pra junto do Silva. Na realidade não vamos ajudar o tipo. Não... apenas queremos estar ali por perto, a vaguear na zona onde o trabalho se está a desenvolver.
.
 
É o que os homens mais gostam de fazer.
  Nós queremos ver o tipo, nós queremos falar com ele, nós queremos fazer-lhe perguntas idiotas, do tipo:
  -"O que é que estás a usar?! A chave de estrela?"
  Sabem como é... nós sentimo-nos envolvidos no projecto.
.
  É por isso que nos locais de construção, eles têm que pôr aqueles paineis de aluminio a delimitar o perímetro da obra. Aquilo é só pra manter afastados os homens. Eles por vezes fazem uns pequenos buracos na estrutura do tapume que é pra nós podermos ver "que merda é que se está a passar ali!"

  Mas se eles não tiverem esse cuidado, nós trepamos pela vedação:

  -"O que é que vocês estão a usar aí? Vigas de aço?! Sim, sim... a estrutura assim aguenta!..."
.
  Nós gajos, realmente somos os maiores
, caralho!...

.

 

eh pah, sinto-me: com a ferramenta preparada
Segunda-feira, 9 de Outubro de 2006

Apanha Que é Ladrão

 

  Ontem foram assaltados os carros de toda a vizinhança. Todos os veiculos estacionados cá fora, foram assaltados. Mas o curioso é que os tipos abriram as portas de todos os carros sem excepção com chaves e não causaram qualquer tipo de danos. A unica coisa que roubaram foram documentos e só nos carros que os tinham porque nos outros nada foi roubado, apenas remexido.

  Eu não fui assaltado porque já tive experiencias negativas no passado e agora deixo sempre o carro na garagem, mas já fui assaltado praí umas... 18 vezes?

.

  Nas primeiras tu ficas indignado e pronto pra agir.
  É muito aborrecido enfrentar uma situação destas e a tua primeira reacção ou aquilo que os teus amigos dizem é:
  -"Chama a polícia, pá! Tu realmente devias de chamar a GNR..."

.

  E então tu começas a pensar, e até vês televisão e tudo, e pensas:
  -"É isso, vou chamar a polícia. Rusgas policiais, caça ao homem, perseguições, pontapé na tromba... Agora sim, é que eu vou ver acção a sério."

.

  Pois, tu pensas isso.

  E é então que a polícia chega a tua casa... eles começam a preencher: o relatório... e eles dão-te: a tua cópia. Agora... ... a menos que eles consigam dar ao bandido a cópia dele, acho que não vai ser possível conseguirmos deslindar este caso, não é?... Este país está mesmo de rastos, caralho!

.

  Quer dizer, é que isto não é como as histórias do Batman, em que há três bandidos na cidade e toda a gente, incluindo a policia, sabe mais ou menos quem eles são. Até porque muito poucos ladrões se dão ao trabalho de arranjar uma máscara ou um tema para adornar as suas carreiras de malfeitores na qual se poderão disfarçar e deixar até pequenas mensagens de ironia e sarcasmo às forças policiais. Já devem ter chegado à conclusão que assim são mais dificeis de serem apanhados pela policia.

.

  -"Então, perdeste um Sony? Pode ter sido o Pinguim... Eu acho que podemos ir atrás dele e encontrá-lo. Ele está vestido de... pinguim! Não te preocupes, nós conseguimos apanhá-lo!... Afinal, o tipo não passa de um lento e anafado Pinguim!..."
.

  Foda-se lá esta merda!...

.

 

eh pah, sinto-me: assaltado
Domingo, 8 de Outubro de 2006

Um Dedo de Conversa

 

  Então foi assim. No outro dia, ía de carro e entrei na Avenida da República em Gaia e meti-me à frente duma tipa que conduzia um Ford Fiesta num bordeaux desbotado, e que por alguma razão que só ela conseguiu vislumbrar, pensou que eu me meti à frente dela cortando-lhe a prioridade. Nos semáforos mais à frente ela situa o veículo mesmo ao lado do meu e mostra-me, nada mais, nada menos que... o dedo!...

.

  Foda-se!...

.

  Eh, pá! Não me quis estar a chatear com aquilo mas a gaja não parava de fazer aquela merda.

  Parece-me uma atitude tão... tão... arbitrária! E é, no fundo, ridículo o facto de se estar a escolher um dedo da mão pra começar a exibi-lo à pessoa que temos ao lado no trânsito.
  -"Ora toma... que é pra veresz como ué..." (com o dedo médio em riste enquanto os restantes se encontravam recolhidos.)

.

  Aquilo é... UM DEDO, OK?...
  O que é que significa isso? O que é que quer dizer ter o caralho do dedo assim naquela posição? Alguém me mostra um dos seus dedos e eu supostamente tenho que me sentir mal? É essa a ideia? É assim que é suposto funcionar?

.
  Quer dizer, por essa ordem de ideias, eu poderia mostrar a alguém, o meu dedo mindinho do pé direito, não é? Podia...!
  Eu pessoalmente, sentir-me-ía muito pior se a puta da gaja me tivesse mostrado o dedo do pé em vez do dedo da mão. Até porque não seria nada fácil mostrar a alguém o dedo do pé; tem de se tirar o sapato, a meia e continuar a conduzir, levantá-lo e dizer:
  -"Hey, amigo, olhe... é o meu dedo do pé! Hã... que tal, agora... bates a bolinha baixa, hã...! Ah pois é!..."

.

  Quer dizer, isto sim, é que seria realmente insultuoso, levar com o dedo do pé, não é?!

  Cá pra mim, a puta deve estar é com falta de piça. É que o dedo médio naquela posição simboliza o orgão sexual masculino. Pena que ando com falta de tempo pra lhe dar bom uso, caralho...

.

 

eh pah, sinto-me: erecto
Sexta-feira, 6 de Outubro de 2006

Amizades com os "Ex"

 

  Ter uma relação com alguém e mantê-la é dificil. Mas mais dificil é ficarem amigos depois de ela terminar... Não acham?

.

  Eu acho que mesmo que nós tivessemos no passado uma relação com alguém de quem gostássemos muito, seria quase uma tarefa impossivel.

  Já nem falo do facto de poderem existir ressentimentos criados antes e após o rompimento, ou de haver um dos dois que não aceitasse muito bem o fim da relação por ainda nutrir algum tipo de afecto muito forte pelo outro...

.

  Deixando obviamente isso de lado, mesmo que a relação tenha terminado por mútuo acordo e sem qualquer tipo de dramas com uma decisão tomada de forma racional, madura e adulta, acho que é sempre bastante dificil, depois disso manter uma amizade com a outra pessoa.

  Isto porquê? Do meu ponto de vista, a chama que pode existir numa amizade homem-mulher desvanece-se porque eles conhecem -se tão bem que já sabem antecipadamente todos os truques que cada um tem e aquilo que cada um vai fazer ou dizer, e numa relação de amizade, isso é capaz de não funcionar muito bem. E a afinidade que existe não pode ser explorada numa eventual futura relação porque acabaram de sair de uma fracassada, e onde na qual ambos concluiram que não seria boa ideia continuar... 

.

  Quer dizer, é como ter dois ilusionistas a tentar entreter-se um ao outro.

  Um diz, "Olha, um coelho!..." - tirando-o do chapéu.

  E outro diz, "E então?... Eu acho que esta carta deve ser tua, não?!" - sacando a dita da manga do casaco...

.

  -"Bom. Gostei muito deste bocadinho, mas tenho que..."

  -"...ir embora. Eu também tenho. Está a ficar tarde. Então..."

  - "...até à próxima!..."

.

  Monocórdico, não...?!

.

 

eh pah, sinto-me: ex-plendidamente ex-tasiado
Quarta-feira, 4 de Outubro de 2006

Lavar a Roupa Suja

 

 

  O dia reservado para ir à lavandaria deve ser o unico dia excitante na vida das minhas roupas.

  Mas é mesmo... Ora pensem. A máquina de lavar é uma espécie de Clube Nocturno para as roupas. É escuro, há bolhinhas por todo o lado e estão todos ali numa espécie de dança erótica... a camisa agarra-se à roupa interior e diz:

.

  -"Vamos lá miuda, vamos juntar-nos solo um poquito más?!..." (isto é obviamente, roupa comprada na Zara, claro está.)

  Tu chegas ali, abres a tampa da máquina e as peças de roupa estão... húmidas e enroladas umas nas outras!...

.

  Já as meias são para mim, o artigo de roupa mais impressionante que existe porque elas odeiam as suas vidas. Elas andam nos sapatos o dia todo com aquele fedor intenso e frequentam as mais aborrecidas gavetas do teu armário.

  O secador da roupa é unica altura em que elas têm a oportunidade de poder escapar... e elas sabem disso. Elas conhecem um caminho que lhes permite fugir do secador.

  Elas planearam a fuga ainda no cesto da roupa suja, na noite anterior:

  -"Amanhã, no secador, eu vou... ..." - sussurando e conspirando na noite silenciosa.

.

  A porta do secador abre e a meia fica ali à espera, bem encostadinha à parede lateral do tambor:

  -"Fica aí quietinha... não te mexas!" - elas esperam que tu não as vejas para que depois elas possam ir à vidinha delas. Não será uma vida fácil mas niguém disse que o seria. É no fundo o preço da Liberdade...

.

  Elas cozem botões nas caras e juntam-se ao programa dos marretas... Podem até chegar longe e terem sucesso como o"Ed, the Sock" e o seu famoso charuto (quem nunca o viu na sic radical que levante o pé). No entanto o mais provável é ficarem-se por breves aparições na televisão em spots publicitários a mostrar que o tal detergente tira todo o tipo de nódoas, incluindo as manchas de sangue...

.

  Eh pá, esta é uma imagem violenta para qualquer pessoa, não acham? Manchas de sangue?

  Quer dizer, pensem lá um pouco, vocês têm uma T-shirt cheia de manchas de sangue. Talvez o lavar das manchas com um qualquer tira-nódoas não seja exactamente o teu maior problema nesse momento...É uma questão de prioridades, mas se calhar devias concentrar todo o teu esforço e energia em retirar primeiro o arpão que está espetado no teu peito, não...?!

.

  Heya, mas ca ganda fateixa que aí tens, caralho!... Essa porra não te dói?

  Foda-se... que puta de ganchorra, pá!

.

 

eh pah, sinto-me: sujo. Acho que vou tomar banho

O Livro de Cheques

  

 

  No outro dia estava na fila do hipermercado pra pagar e duas mulheres estavam à minha frente.

  Uma delas ía pagar no total 20 euros em compras e a outra 5 euros. É claro que o método de pagamento que ambas escolheram para pagar foi através de... ... ...  (adivinhem)... cheque.

.

  Agora o facto interessante é este: se for uma mulher a passar um cheque tu não irás esperar muito tempo. Eu mesmo pude testemunhar isso.

  As mulheres são muitas "rápidas" com os cheques, e nós sabemos disso porque elas estão constantemente a passá-los. As chaves, elas nunca as conseguem encontrar na sua infindável carteira. Nunca sabem onde as puseram, mas o livro de cheques... isso é uma história completamente diferente. Elas nunca falham quando se trata do livro de cheques. Nunca desiludem...

.

  Aparece sempre e de forma muito lesta e vem embalado dentro de uma carteirinha própria para cheques. Elas sacam aquilo da bolsa como um polícia sacaria do distintivo quando está para efectuar uma detenção.

  -"A quem é que o passo? Esta é a minha identificação...''

.

  No entanto, há qualquer coisa em relação ao cheque que para o homem, acaba por ser um pouco desconfortável. Não parece ser suficientemente másculo.

  Eu não sei exactamente o que é... Acho que para um homem um cheque é como um bilhete da mãe que diz:

  -"Eu não tenho dinheiro, mas se você contactar estas pessosas, eu garanto-lhe que elas corroboram a minha história ... Basta confiar em mim desta vez. Eu não tenho dinheiro aqui comigo mas... eu tenho isto... Fui eu que escrevi nisto. Espera aí... Esta merda vale mesmo alguma coisa?"

.

 

eh pah, sinto-me: em cheque
Terça-feira, 3 de Outubro de 2006

O Que Tu Queres Sei Eu!...

 

  Eu juro que não faço a mínima ideia sobre o que as mulheres pensam. Tenho de admitir que não consigo apanhar todos os sinais!... Nada...

.

  As mulheres são muito subtis e são meticulosas em tudo... os homens, pelo contrário não são nada subtis, nós somos obviamente, óbvios. As mulheres sabem o que os homens querem, e o que que é nós queremos? Nós queremos mulheres, é isso!... É a unica coisa que nós temos a certeza absoluta, mesmo: é que queremos mulheres. E muitas...

.

  Então mas como é que as conseguimos? Isso é que é mais complicado porque nós próprios não fazemos a mínima ideia de como conseguir esse objectivo de vida. Nós não sabemos qual o próximo passo a dar. Por isso é que vocês vêm os homens a buzinar de dentro de automóveis e a gritar de cima dos andaimes de prédios em construção. Minhas senhoras, estas são as melhores ideias que nós homens tivemos até agora...

.

  Imaginem as buzinas dos automóveis... não são uma beleza? Já alguma das senhoritas assistiu a uma cena destas? O homem está no carro, a mulher atravessa a rua e passa pela frente do automóvel, e ele buzina:

- Pi... pi pi.. pi piiiiiiiiiiii...! Hei, oh boa!...

.

  Este tipo está indubitavelmente sem ideias.

- Pi pi piiiiiiiiiiiiiiii...! Acho que ela não gosta de mim...

.

  Mas o mais espantoso é que nós, apesar deste deserto cognitivo conseguimos engatar gajas, não é?! Quer dizer, os homens andam com mulheres. Vê-se por aí homens de mãos dadas com mulheres. Perante isto, muita gente se pergunta então como é que os homens conseguem engatar as tipas?

.

  Bom, chegou finalmente o momento de eu vos contar um pouquinho acerca da nossa organização secreta.

  Pois muito bem... Onde há mulheres, nós temos igualmente um homem a tratar do assunto. Neste exacto momento que me estão a ler, existe com certeza um homem a trabalhar nessa questão. Ele pode até nem ser o nosso melhor elemento, concedo nisso, afinal nós temos uma vasta área para cobrir, mas alguém do nosso staff está sempre presente no local... E é por isso que nós ficamos frustados, quando vemos mulheres a ler artigos enganosos em revistas femininas sobre "como e onde conhecer homens?".

.

  Hei... nós estamos aqui. Nós somos aqueles tipos que andamos a tocar as buzinas apenas com intuito de as servir melhor.

  Vá... vá lá, então?!...

.

 

eh pah, sinto-me: com vontade de beber
Segunda-feira, 2 de Outubro de 2006

Saí e Fui Dar Uma Volta

 

  Hoje apetece-me sair. Sei lá... dar uma volta.

.
  Este pensamento é com certeza partilhado por muitos de vós. Mas a ser assim, a pergunta que então se impõe é: porque é que temos essa vontade de sair?

  Sair e dar uma volta, significa que não estamos metidos em casa. Saímos, portanto...
  E sair é uma das mais agradáveis experiências que podemos desfrutar nesta vida...

.

  Já repararam como é que as pessoas combinam sobre uma saída pra logo à noite?
  - "Então malta, vamos sair?..." - no fundo é sobre isso que elas falam... é toda esta questão essencial sobre sair e dar uma volta.

.

  Quando as pessoas saem, ninguém está em casa, certo? Todos os que não estão em casa, saíram, logo é porque foram dar uma volta! Nessa altura as pessoas que estão a tentar encontrar-nos não irão com certeza saber onde nós estamos, pois acabamos de sair:
  - "Telefonaste-lhe?"
  - "Sim, mas não consigo encontrá-lo."
  - "Para onde é que ele foi?"
  - "Ele não me disse pra onde ía. Deve ter saído."

.
  Quando tu queres sair, o que é que fazes? Qual é o teu ritual de saída?

.
  Vamos supor que decidiste agora mesmo que vais sair, e tens de escolher as roupas que vais vestir, certo? Tomas um duche, preparas-te, vês se tens dinheiro na carteira, esperas pelos teus amigos, o carro, o sítio pra estacionar, a reserva do local...

.

  E depois?... depois começas a olhar à tua volta. E o que é fazes? Começas a preocupar-te com o facto de teres de vir embora:

  - "Temos de ir embora, já é tarde".
  Depois de estares cá fora, definitivamente vais mesmo querer voltar pra casa! Queres ir dormir porque amanhã vais ter de te levantar cedo, para ... saíres outras vez, certo?

.

  No fundo o que é que eu estou a querer dizer com tudo isto?...

  Onde quer que tu estejas na tua vida, vai existir sempre a sensação de que vais querer sair pra qualquer lado.
  - "Eh pá, tou farto de estar aqui, tenho de sair daqui, foda-se!...

.

  Vamos sair e dar uma voltinha?!...

.

 

eh pah, sinto-me: pouco caseiro

A Lista de Vinhos

.

 

 

  Posso não saber muito acerca de vinhos e das suas características gastronómicas, mas também não tenho paciência pra aturar aqueles néscios que passam as noites com as trombas enfiadas nos copos e sempre a mandar bitaites pra cima de um gajo:

.

  - "Ah, mas esse vinho não combina com a carne..."

  - "Mas que merda é essa, pá!? Eu é que sei! Desde muito novo que emborco umas quantas cervejolas enquanto abocanho nêspera suculenta e arroto os gases da cerveja em apetitosos ménages à trois enquanto as putas me fazem grão de bico. E embora prefira as louras, posso-te dizer que as pretas dão-me cá uma tesão do caralho e não estou a falar de cervejas, por isso... sim, claro que vai muito bem com as carnes... Estes gajos, foda-se..."

.

  E será que não nos podemos livrar da lista de vinhos?

.

  Quer dizer, será que precisamos de ser constantemente lembrados que sempre que saímos pra ir jantar num bom restaurante, não fazemos a mínima ideia do que estamos ali a fazer?

  Porque é que não nos dão em vez da lista, um teste de trigonometria juntamente com o menu?

.

 E lá vem o caralho do empregado com o seu ar emproado e com uma garrafa de tinto enrolada numa toalha e com um rótulo indecifrável:

  - "O que acha deste vinho, senhor? Este está bom?"

  (silêncio ensurdecedor e toda a gente a olhar pra mim)

  - "Ah sim... esse está ... humhum, óptimo..."

  O tipo entorna umas gotas no meu copo e fica ali especado a olhar pra mim...

  - "Pode provar, senhor."

  - "Ah... eu sabia disso... eu sabia!"

  Provei o vinho e apontei com satisfação pra garrafa como que a dizer "sabe a pouco, morcão; enche lá essa bodega."

  - "Está ao seu gosto?"

  - "Está bom. Este vinho está fabuloso... Foi você que o pisou?"

  O empregado fodido:

  - "O senhor é um malcriado e um... ignorante e insensível!" - e virou as costas, em choro convulsivo.

  - "O que se passa? O que é que foi qu' eu disse?"

.

  Foda-se, mas será que tenho de aturar esta entidade mirabolesca? O tipo pra além de ser estúpido que nem uma andorinha (que faz oitocentas curvas num metro cúbico de ar só porque lhe apetece e ninguém tem nada a ver com isso) tem a mania que é o maior só porque percebe de vinhos. Eu, meus amigos, percebo de fodas e não ando por aí a gabar-me, caralho!

  Digo-vos mais... fodo bem e a preceito porque fui iluminado com a palavra grande que usa “P” de piroca e não “P” de paneleiro como este abrunho dos copos, e digo-vos que... aquele gajo é um rabeta.

  Provavelmente deve gostar de beber vinho Rosé ou comer umas courgettes, bem acompanhadas duns cacetes do Alvarinho.

.

  É só ignorantes estultos e asininos broncos que encontro no meu caminho. Foda-se!...

.

 

eh pah, sinto-me: toldado pelo vinho
Leu o Post? Gostou? Então não se esqueça de comentar! E já agora tem aqui ao lado os Posts Recentes para ler!
Clique para configurar o kumkaneco como a Página Inicial do seu browser

. . Bêbado(s) Online


.posts recentes

. Os Recursos de Isaltino

. Quando Eu Morrer

. Triplicado

. Do Desastre à Javardice P...

. Conselhos da Katya Bimba

. Voltei para o Vosso Âmago

. Papa Bento XVI cancela vi...

. Costumes Antigos

. As Escutas do Apito Doura...

. Casamento Gay Aprovado

. Os Blogs

. Os Muppet Queen

. A TV que me Marcou

. Semelhanças entre Tomás T...

. Ah Fadista!!!

. Sabedoria Popular Brasile...

. Notícia de Última Hora

. Começa Hoje a Vacinação C...

. Histórias do Vaticano

. Sombras Inesperadas

. Penteados Out-of-Bed

. Sabes Onde é que as Há? S...

. Têm Estado Dias de Muito ...

. Freguesias Bloqueadas

. Restaurador Olex (desenvo...

. Os Nossos Jornais

. Os Nomes das Coisas

. Prós e Contras da RTP

. Porrada Portuguesa

. Uma Operação do...

. Celibato dos Padres em Di...

. Novo Isqueiro da BIC

. Anus, Outra Vez

. O Guronsan

. O Resultado das Eleições

. Notícias TVI24

. Sou Parecido com o Zeinal...

. O Aspecto Interior é Muit...

. Buscas em Escritórios de ...

. Anúncios Manuscritos em P...

. Modernices e Burguesices

. Kumkaneco Pergunta

. A Onda dos Surfistas

. Couch Surfing

. A Gripe A

. Manual de Sobrevivência n...

. Mensagem aos Adeptos do «...

. Fim da Crise Anunciado, Y...

. Apelo ao Boicote da Igrej...

. O Clero, Manuela Ferreira...



.arquivo desde 2006

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Julho 2011

. Novembro 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

.fotos dos fãs

.prémios e blogs


Muito Obrigado à Lya por este prémio!
De Veludo e Sangue da Lya (Bad Lolita)


Muito Obrigado ao Site Olha que Blog Maneiro por este prémio!
Blog de Humor & Frases de Sérgio Alex


!
Câmara Lenta da Menina Margarida









Não se esqueça de ler os blogs que estão aí mais abaixo. São do melhor!








.visitantes



.Novembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.kumkaneco



Não se esqueça de ler os blogs que estão aí mais abaixo. São do melhor!






Copie para o seu blog
Colocar no topo ou em rodapé

468 x 60



Para colocar nas áreas laterais

128 x 89



Não se esqueça de ler os blogs que estão aí mais abaixo. São do melhor! Não se esqueça de ler os blogs que estão aí mais abaixo. São do melhor!



kumkaneco@sapo.pt

kumkaneco@hotmail.com

kumkaneco@gmail.com

.

.
Não se esqueça de ler os blogs que estão aí mais abaixo. São do melhor!



Referências na Blogosfera


Humor blogs

Humor Blogs - BlogCatalog Blog Directory

Divulgue seu blog!



Check Google Page Rank

Divulgue o seu blog!



Blog Directory & Search engine



blogarama - the blog directory

Web Hosting Directory by Blog Flux



Já sabem muito bem que aqui é um sítio pesado!...