Este é o banner do kumkaneco... Coloque-o no seu blog copiando a caixa situada no final do post!
Quarta-feira, 28 de Fevereiro de 2007

Uma Carona P'ro Inferno

.

Este apanhado brasileiro está demais.

É o melhor que alguma vez já vi...

.

.

eh pah, sinto-me: a morrer de riso

Isto Só a Mim

.

  Ontem ao fim da tarde estava na fila pra carregar uns passes dos STCP.

  Aquilo, para quem não sabe fica numa zona nobre da baixa da cidade, situada em frente à estação de comboios de S. Bento.

.

  Quando de repente se ouve um burburinho lá dentro entre uma senhora idosa com um ar afoito e rapioqueiro, cheia de gestos e movimentos de braços de grande amplitude, típicos daquelas pessoas que andaram toda a vida nas docas a apanhar sol e ar de maresia e portanto com pouco caruncho nos ossos e cheias de nervoso miudinho como aqueles cães pequeninos, os caniches. A discussão era entre ela e alguém que não pude vislumbrar quem!

.

  Ora, quando eu digo 'lá dentro' era porque a fila estendia-se até cá fora e era do tipo das filas para o Euromilhões à sexta-feira por volta das 5 - 5 e meia - 6 menos um quarto - 6 horas.

  Eu só ouvi o seguinte:
  -"Isto é uma pouca vergonha, ouviu? Está-se a rir?! É uma falta de respeito, é!"

.

  E perante isto entrecruzamos olhares perplexos e pensei para comigo: 'Esta senhora não foi bem atendida e passou-se dos carretos à maneira típica portuense'.
  Mas ela lá continuava a falar e pude ver que não era para o guichet de atendimento mas sim para alguém igualmente de idade avançada que se encontrava na fila. Será que lhe passaram à frente?! Com tanta gente e a confusão que normalmente se gera nestes locais, provavelmente foi isso que aconteceu. E a mulherzinha lá continuou:

  -"Pois é. E depois vão fazer o aborto. Andam nisto e depois fazem o aborto... O aborto! É muita falta de vergonha na cara, ouviu!... E depois lá vão fazer o aborto, pois! Não posso dizer?! Tem que haver alguém que meta respeito nisto!... O aborto!"

.

  A senhora sai disparada e claro que, a malta começa logo a comentar.

  Uma senhora quarentona que estava à minha frente elucidou-me a mim e à minha namorada o motivo de toda aquela balbúrdia.

  Aparentemente um casalinho de jovens namorados que estavam na fila à frente da senhora estavam a trocar beijos e carícias mas aparentemente nada de muito ofensivo, e a discussão gerava-se entre a dita senhora e uma outra que veio em defesa do casal. E nestas ocasiões ouvem-se sempre vários comentários do tipo:

.

  -"Ah, porque eles não deviam fazer aquilo perto de velhotas. Já sabem como elas são." ou "Ela pode não concordar mas não desata a disparatar, estamos num país livre." ou ainda "O que tem o aborto a ver com isto?" (esta fui eu que levantei).

.

  A questão aqui é esta. Estávamos ainda a rir daquilo tudo quando a senhora quarentona me diz em tom de remate:
  -"Se calhar estava era com inveja. Se calhar também queria." - e fitou com alguma intensidade os meus olhos enquanto dizia tais palavras.

  Eu, que ainda estava com a expressão de boa disposição na cara, embaraçadamente tentei a custo manter aquele sorriso, enquanto ela voltava a dizer:
  -"Pois, se calhar também queria... Deve estar carente." - e sempre a olhar pra mim intensamente e já com um sorriso matreiro.

.

  Eu, ainda sem saber o que tudo aquilo queria significar, disfarcei, virei a cara como se estivesse a olhar pr'alguma coisa durante uns bons... 20 segundos. Depois lentamente viro a cara em frente na esperança que a senhora se tivesse virado também ela pra frente e... (terror)... lá estava ela com o tal sorriso maroto e a fitar-me intensamente.
  Eh pah, quase que me assustei, e antes que eu pudesse fazer o que fosse, disparou na minha direcção:
  -"Ela estava era com fome... Era o que era! Se calhar queria peso!" - e dizia isto enquanto lambia gulosamente e vagarosamente toda a superfície do lábio superior desde o canto esquerdo até ao canto direito com a sua comprida e viscosa língua... Parecia aquele spot do café expresso.

.

  Pois bem e agora?! Perguntei eu a mim próprio. Estou tramado.
  Ora bem, já passou... o assunto já morreu há que tempos, já ninguém está a discutir aquilo, e no entanto já algumas pessoas mais próximas na fila começavam a olhar pra senhora e pra mim porque a tipa não se calava e dizia aquelas frases de uma forma cada vez mais audível
.

.

  Olhei pra miúda e esbocei um sorriso como que a dizer, 'oh pah deixa lá, é só mais 2 minutos até seres atendida no guichet, e depois bazamos'.

  Volto a virar a cara pra frente e a quarentona logo de seguida diz muito alto enquanto me olhava, desta vez com uma intensidade tal que, ou me queria comer ou cortar às fatias com uma qualquer moto-serra:
  -"Sabes que mais, a gaja era uma vaca que só quer é foder com jovenzinhos, essa puta!..."

.

  Ena pah... metade da fila dispersou logo, e eu imediatamente fiz meia volta e dei corda aos sapatos, ainda meio a correr meio a passear do estilo, fujo ou faço de conta que fujo? Que situação embaraçosa!

  Estava ainda neste dilema quando olho pra trás e vejo horrorizado a tipa atrás de mim e a gritar:
  -"O QUE ELA QUER É PESO, CARALHOOOO!... QUER ESCAVACAR! É UMA PUTA COM FOME DE PIÇAS!..."

.

  E digo eu pra miuda enquanto alargo desajeitadamente o passo:
  -"Xiiiiii! Foge... esquece a merda dos passes!... Escavacar?!... Fooooda-se que esta gaja bate muito mal dos cornos!..."

.

 

eh pah, sinto-me: perplexo
Terça-feira, 27 de Fevereiro de 2007

Mais uma sobre Alentejanos

.

  Uns tipos de Lisboa foram dar umas voltas de jipe para o Alentejo e perto da estrada viram um alentejano sentado à sombra de um chaparro.

.

  Resolveram então ir ter com o alentejano pra gozar com o tipo. Pararam o jipe e perguntaram:
  -"Olhe desculpe... Essa estrada vai para onde nós queremos ir?" (Risinhos)

.

  E o alentejano respondeu:
  -"Olhe, se vocês querem ir à merda, é um pouco mais adiante. Se vocês querem ir pra puta que os pariu, infelizmente já passaram. Agora, se vocês quiserem levar no cú, isso é mesmo já aqui!..."

.

 

eh pah, sinto-me: porreiro

O Chapéu

.

  No outro dia li numa revista que segundo um estudo, 75% do calor do nosso corpo perde-se pelo topo da nossa cabeça.

.

  Isto dito assim desta forma, até parece que tu poderias ir esquiar para a Serra da Estrela completamente nu, desde que estivesses devidamente equipado com um bom chapéu.

.

.

  Não me parece, senhores cientistas... Não me parece.

.

.

  Mas a nível de chapéus, a meu ver não há chapéu melhor ou mais apropriado para vincar uma posição ou uma forma de estar na vida que aqueles chapéus que têm uma pala à frente e são completamente abertos na cabeça, do tipo que os empregados de alguns restaurantes de fast-food usam.

  Já os viram alguma vez? Mas afinal o que é aquilo?! Qual é a função daquele chapéu?! Para que serve aquilo?! Será só design, será apenas uma questão de imagem?!

  Acima de tudo, acho que esse chapéu transmite uma mensagem como nenhum outro consegue.

.

.

  O chapéu aberto com pala à frente diz ao mundo que "Eu prefiro ter todo o calor do sol concentrado no topo do meu crâneo do que ter outra coisa qualquer que a sociedade eventualmente me pudesse oferecer."

.

  Na verdade, se algum dia estiveres em tribunal para ser julgado por um crime grave e  teu advogado recomendar a defesa da insanidade mental, este é o chapéu a usar.

.

  O teu advogado deverá insistir neste ponto, deverá chamar a atenção para esse facto. Sempre que possível deverá referir o uso desse chapéu por parte do réu, mesmo que de forma subliminar.

  Como?! Perguntam vocemecêses...

.

  O advogado deverá colocar o chapéu na sua própria cabeça e dizer:
  -"Meretíssimo Juiz, a defesa terminou a sua argumentação."

.

.

eh pah, sinto-me: embarretado
Sábado, 24 de Fevereiro de 2007

Porque é que o Cachorro Quente Leva Molho?

.

  Esta é uma pergunta que muito provavelmente nenhum de vós alguma vez terá questionado na vida.

.

  Pois bem, posso-vos dizer que após aturada pesquisa, o cachorro quente na sua versão original, curiosamente não levava molho. Aliás, para todos os efeitos, nem sequer era quente.

.

  Foi só em meados do século XX que um inventor do conhecido fabricante de automóveis Volkswagen, a propósito da invenção de um carro para o povo que pegasse a frio e que fosse feito de materiais baratos para que o povo pudesse realmente ter um carro, que o Engenheiro Mecânico Fritz Hundol resolveu pegar numa das peças do seu recentíssimo Volkswagen Carocha, o tubo de escape, e pôs-se a matutar:
  -"E ze eu impedizze a zaída dos gazes?! Eles ficavam no tubo e depois zaíam a toda a velozidade tipo motor a jacto e ficava ainda com maiz potenzia!"

.

.

 E foi aí que Fritz, pegou naquilo que tinha mais à mão e resolveu usar uma típica salsicha alemã Bratwurst por esta se enquadrar perfeitamente no tubo.
  Ligou o motor e... "Vrooooommmm... ... Vrooooommmm... ... Vrooooommmm PUUUUMMM!"

  Uma enorme explosão abalou as estruturas da fábrica e Fritz Hundol teve de ser hospitalizado, não porque tenha ficado maltratado na explosão, mas porque depois de ver o estrago e perceber que iria ser despedido, já em tom de loucura tentou comer a salsicha chamuscada, acrescentando-lhe uma pitada de Bretzeln.

.

  Depois de experimentar várias combinações de óleos e combustões o sabor da salsicha foi sendo melhorado e Fritz, sem emprego na fábrica, resolveu lançar-se no negócio da venda da salsicha cozinhada.

  Inicialmente não dispunha de loja ou espaço para tal e por isso usou o seu próprio Carocha e respectivo tubo de escape como fogão para a sua salsicha, acrescentando-lhe o pão e alguns ingredientes como tomilho, cravo e noz-moscada ou ainda uma variante com recheio de queijo derretido, a Käseknacker.

.

.

  No entanto a sua primeira salsicha levava unicamente batata-palha daquela de saca, cogumelos, milho e salada, tendo dado o nome a essa iguaria de cachorro quente em homenagem irónica ao seu primeiro cliente...

  O sucesso era relativo, até que de repente e enquanto preparava um cachorro quente bem condimentado com sal, um pombo da mítica cidade de Frankfurt resolveu deixar um presente e acertar mesmo em cima da dita salsicha no exacto momento em que uma cliente se preparava para a meter à boca.

  Fritz olhou aterrorizado para a cena, mas não foi a tempo de impedir que a cliente que não se tinha apercebido de nada, desse a primeira dentada no cachorro.

.

  E é então que o inesperado acontece!

  Precisamente quando Fritz se preparava para dar de frosques e fugir de uma eventual agressão física da mulher enfurecida, não só essa agressão não sucede como ainda ouve as seguintes palavras da cliente que entretanto tinha adquirido um ar já bastante guloso :

  -"Hummmm... Muito bom! Chlap, chlap, chlap (típico som de mastigar de um cachorro). Ezta zalzicha está optima, Fritz. E ezte molho? Hummmm!... Chlap, chlap... Caído doz céus!

.

.

  E é então que Fritz Hundol perante aquele milagre olhou para o céu, juntou as mãos em tom de agradecimento por aquele acto divino que lhe salvaria o negócio, precisamente no momento em que uma outra bosta de pombo lhe cai mesmo em cima do nariz...

.

 

eh pah, sinto-me: com vontade de comer
Sexta-feira, 23 de Fevereiro de 2007

A Festa das Nozes

.

  Voces sabiam que aqui na cidade do Porto carago, existe um lugar onde se faz a FESTA DAS NOZES??????

.

  Pois é, esta também não sabia!

  E sabem como é que eu descobri? Através de um amigo meu que me avisou que tinha aberto recentemente uma casa de comida brasileira e que estavam a fazer uma promoção associada a essa festa!

.

  Por curiosidade, e enquanto fazia a viagem de regresso a casa, passei por lá para ver como era. Cheguei lá e a primeira coisa que reparei e que imediatamente salta à vista, foi uma brasileira de tez muito morena, muito bem dotada e com uma linguagem corporal bastante sugestiva. Só falta acrescentar que tinha pouquíssima roupa no corpo e estava na entrada do dito estabelecimento ao lado de uma enorme faixa onde se podia ler: "VENHA COMER NÓS!"

.

  Bom... perante aquilo, eu fiquei com a sensação de que o meu amigo não deve ter percebido muito bem o verdadeiro ramo de actividade daquela casa de comida brasileira!

.

.

 

eh pah, sinto-me: cheio de nozes
Quinta-feira, 22 de Fevereiro de 2007

Carnaval - Photos UPDATE

.

.

.

.

.

. 

eh pah, sinto-me: alegre
Quarta-feira, 21 de Fevereiro de 2007

Carnaval no Mercure

.

  O Carnaval foi no Hotel Mercure aqui em Gaia, junto ao rio Douro, isto para quem não conhece.

.

  Até foi divertido mas o que eu mais gostei foi de um tal parzinho de índios que por lá andava com ar meio perdido como se estivesse fora da reserva... do hotel. Bem  que mereciam ter o ganho o prémio, pah!

.

  O que mais me intrigou, para além de uma múmia que lá apareceu (estou a falar de uma que apareceu mascarada) foi mesmo a quantidade de bruxas que lá estavam (mascaradas). É que algumas delas diziam-se bruxas boas e pelo que eu pude ver, lá tive de concordar!

.

 

eh pah, sinto-me: cheio de folia
Segunda-feira, 19 de Fevereiro de 2007

Restaurante Chique(iro)

.

  Eu gosto bastante de comer e sou aquilo que alguns consideram de um bom garfo.

.

  Mas também não sou de estar sempre a criticar a comida, ou porque falta sal ou está insonsa, ou porque está um pouquinho mal passado ou bem passado, etc, etc... Não sou piquinhas ao ponto de fazer um estardalhaço por pequenas coisas ou erros ligeiros.

  Vejo aqueles tipos a armar escândalo por ninharias em locais até bem frequentados só pra dar nas vistas e impressionar a namorada nova. Nessas alturas o meu pensamento vai invariavelmente na mesma direcção:

.

  -"Come e cala-te, caralho! És mesmo um urso convencido e arrogante. Ter de aturar malucos por dá cá aquela palha, pah!"

  Todos nós somos passíveis de cometer erros e devemos ser proporcionais na nossas reacções, e eu - como podem constatar pelo parágrafo anterior - dou o exemplo..

.

  Mas é obvio que para tudo há limites.

  E quando tu entras num restaurante super chique onde toda e qualquer merdice está pensada ao pormenor para te impressionar, quer dizer, tu pensas que muito provavelmente no final vais levar uma sova de caixão à cova no preço a pagar mas, pensas igualmente que vais ser bem tratado e que o repasto será em termos tais que será alvo de recordação ulterior.

.

  Pois bem, não fazia ideia do quão certo estava mas no sentido negativo da coisa. De repente dás por ti num filme que mais parecia de terror, com a comida a ser claramente insuficiente e perante o nosso desabafo ser brindado com frases do estilo:

  -"Tem de comer pouco, e passar a ter cuidado com a dieta."

.

  Puta que pariu estes filhos-da-puta que para além de me estarem a chular o graveto, ainda vêm com lições de moral pra cima de um gajo.

  E o raio da comida que tinha um sabor pouco menos que intragável. E no final ainda te apresentam uma conta exorbitante.

.

  Mas ao contrário do que pensam, não foi nenhuma destas razões que me fez explodir. O que me irritou mesmo foi que após tudo isto e olhando pra conta, constatei que ela vinha finamente colocada dentro de um pequeno livrinho debruado em tons de dourado e com uma capa em pele.

  Mas afinal o que é aquilo? A história da conta?

  -"Era uma vez, um tipo esfomeado..."

.

  Mas o que é isto? E uma pequena fita tipo marcador nos mesmos tons dependurada no livro? Será que estou a doutorar-me em restauração? Mas afinal o que vem a ser esta merda?

.

  Nunca mais lá ponho os coutos...

.

eh pah, sinto-me: indignado
Sábado, 17 de Fevereiro de 2007

O Dia dos Namorados - UPDATE

.

  Estava nos correios na tarde do dia 14 e enquanto esperava para ser atendido, estava a observar um tipo de meia idade, já um pouco careca, de pé junto a um balcão a colocar de forma metódica selos de "amor" dos CTT no canto superior direito de envelopes cor-de-rosa clarinho cheios de corações por todo o lado.

.

  Em seguida, ele tirou um frasco de perfume e começou a borrifar a essência por cima da dita correspondência.

.

  A minha curiosidade perante tudo aquilo levou a melhor e depois de ter comentado jocosamente com a empregada do balcão que me atendeu, fui ter com o indivíduo careca e perguntei-lhe o que é que ele estava a fazer.

.

  O homem respondeu:
  -"Estou a mandar cerca de mil cartões do dia dos namorados com a seguinte mensagem, 'Adivinha quem é?' "

  -"Mas, porquê?" - perguntei eu, admirado.

.

  -"Sou um advogado especializado em casos de divórcio!"

.

 

eh pah, sinto-me: nem sei como...
Sexta-feira, 16 de Fevereiro de 2007

O Dia dos Namorados

.

  Bom... e lá se passou mais um dia dos namorados, com o tal romantismo e o tal amorrrrrrrr.

.

  E dirão alguns que pensam que me conhecem, quase que adivinhando o que eu vou escrever aqui, que... isto é tudo uma conspiração preparada ao milímetro para que agora depois do romantismo e do amorrrrrrrr, possamos ir para a folia do Carnaval e passar à acção... e dirão esses alguns:

.

  -"... então, mas isto foi tudo feito de propósito e lá vens tu kumkaneco denunciar mais um estratagema e mais uma falácia engendrada pra nos enganar a todos, não é?!"

  E eu respondo:

  -"Não..."

.

  Bom, adiante.

  O mais interessante deste dia, a meu ver, é que nos fartamos de dar dicas uns aos outros sobre que prendas é que gostaríamos de receber, a ver se o outro percebeu o que realmente queremos que ele nos deia neste dia da Valentina que não a Valentina Torres, caso contrário seria um Cupido muito pesado e incapaz mesmo de voar.

  Uma história que resume aquilo que acabo de escrever é esta que vos passo a contar que com certeza realmente poderá acontecer ou ter acontecido e aconteceu realmente com certeza...

.

  Que é a história daquela jovem mulher que estava a dormir uma sestazinha na tarde do dia dos namorados e acordando supostamente sobressaltada diz ao namorado que tinha acabado de ter um sonho:

  -"Eu sonhei que tu me tinhas dado um colar de diamantes no dia dos namorados. O que é que achas que isto significa?"

  -"Logo à noite saberás, querida." - disse ele de forma enigmática.

.

  E naquela noite, o homem deu à namorada um pequeno pacote muito bem embrulhado em papel lustroso e com um bonito laçarote.

  E ela, extasiada, abriu a prenda apenas para descobrir que lá dentro estava um livro intitulado 'O Significado dos Sonhos'.

.

  Bons sonhos pra todos vocês, caralho. Bem mereceis...

.

 

eh pah, sinto-me: um sonhador
Quinta-feira, 15 de Fevereiro de 2007

Lugares Compactos

.

  Uma das particularidades interessantes que pude recentemente descobrir aqui na cidade onde vivo foi encontrado num daqueles novos espaços para estacionar. O que mais impressiona é a forma engenhosa como se conseguiu multiplicar os lugares de estacionamento.

.

  Como?!... Pergunta o leitor mais desprevenido de olhar bovino e com um ar de quem já não come erva fresca há mais de quinze dias!... Pois bem, passo a explicar:

.

 

  O conceito é deveras curioso. Os tipos criaram um parque de estacionamento com lugares exclusivos para carros compactos, vocês sabem, daqueles carros mesmo muito pequeninos e que são óptimos para enfiar em qualquer lado. Pois bem, eles agora arranjaram uns lugares próprios para este tipo de veículos. Basicamente o que fizeram foi muito simples, dividiram o lugar de estacionamento que lá estava... a meio, através de um risco branco desenhado no pavimento e acrescentaram uma placa com os seguintes dizeres: 'exclusivo para veículos compactos'.

.

  Fantástico... pela simplicidade e direi mesmo pela ousadia. Apesar de ser uma medida do meu ponto de vista inteligente e até reveladora dos tempos modernos que emergem, considero que é capaz de ser algo descriminatório em relação ao tamanho do carro.

  Eu tenho um carro, digamos que de tamanho normal e se algum dia me deparar com um destes lugares, segundo aquela placa não poderei lá estacionar.

.

  Ora, se eu quiser ter a traseira do meu carro a sair por fora do lugar de estacionamento, isso é comigo e ninguém tem nada a ver com isso, não é?! Mas não... segundo o que lá vem escrito em letras muito, muito pequeninas, aquilo dá direito a coima.

.

  Quer dizer, é que até existem pessoas que eu bem vejo por aí, ninguém me contou, eu vejo-os... a passear nos Centros Comerciais e pela cidade, a abanar os seus reais traseiros do tamanho de autênticas melancias penduradas em cima de algo parecido com jeans, ou mini-saias do tamanho de cintos que mal podem conter o tamanho desmesurado do rabiosque e com a respectiva gordura a resvalar pela cintura abaixo, ou ainda calças de lycra que mesmo estando super-hiper-mega esticadas não conseguem acompanhar os bum-buns que são do tamanho da roda gigante do rio Thames e cuja carne desnudada salta cá pra fora em pelo menos mais de dois terços.

.

  Há de facto muito boa gente que por cá anda literalmente com o cu fora das calças e ninguém as impede de o fazer. Eu não vejo ninguém a ir ter com essa gente e a dizer-lhes:

  -"Hei, espere aí, oh cavalheiro. Essas calças que você está a usar, são jeans compactos. Você não pode meter tudo isso que está aí atrás... nisto!" - enquanto aponta para o descomunal traseiro e respectivas calças de ganga.

  -"Vai ter que pagar a multa!"

.

 

eh pah, sinto-me: descomunal
Terça-feira, 13 de Fevereiro de 2007

A Pergunta-Teste

.

  Este referendo já passou e como apoiante do SIM, fiquei obviamente satisfeito com o resultado.

  No entanto, acho que este era um assunto pesado e demasiado complexo. Não sei se o mesmo acontece convosco mas eu sinto-me exausto.

.

  Por isso e parafraseando o Professor Marcelo, acho que está na altura de se calhar fazer um referendo 'Light' sobre, por exemplo se o primeiro-ministro José Sócrates, deveria ou não usar bigode. Duas fotografias, uma com bigode e outra sem, e a malta ía lá e escolhia.

  Acho que iria contribuir para desanuviar o clima.

.

  E no fundo este referendo acaba também por relançar a polémica sobre os votos nulos e a incapacidade que algumas pessoas têm em votar convenientemente seguindo as regras democraticamente instituídas.

  Isto porque existiram alguns votos que foram nulos por mera azelhice de quem não conseguiu fazer a cruzinha dentro do quadradinho.

.

  Faz-me lembrar os testes de Q.I. que se faziam antigamente.

  Eles tinham aquela pergunta inicial que servia de tutorial no princípio do teste e onde se mostrava como se respondia, através do preenchimento do interior do círculo que se encontrava à frente da resposta pretendida.

.

  Eu acho que se deveria fazer o mesmo com os boletins de voto...

  Essa pergunta inicial funcionaria como teste às capacidades intelectuais dos cidadãos em decidir correctamente e encontrar-se-ía colocada antes da pergunta principal do referendo. Essa pergunta-teste deveria servir como primeiro ponto eliminatório. Todos os que preenchessem fora do quadradinho, eram imediatamente eliminados.

.

  -"Ei... Você aí!... Faça o favor de nos acompanhar! Sim, parece que para si o voto no referendo já terminou... fez a cruzinha fora do quadradinho."

  -"O quê?! Não entendo!..."

  -"Você mijou fora do penico, OK?!..."

.

 

eh pah, sinto-me: exausto
Domingo, 11 de Fevereiro de 2007

Referendo! Há que ir votar...

.

  Hoje acordei e quando olhei para o meu telemóvel inexplicavelmente tinha escrita uma mensagem no mínimo suspeita.

  Estava ligado, tal como o tinha deixado na noite anterior mas com a seguinte mensagem no visor:

  -"Inserir SIM."

.

  E eu pensei... será um sinal?! Será que recebi uma mensagem divina de clarividência singular?! Será que o cartão pifou?!... Não sei, não sou conservador, nem religioso. Mas o certo é que desliguei e voltei a ligar e aquilo lá funcionou normalmente. Se calhar estava a sonhar, mas... pelo SIM, pelo NÃO, levantei a peidola do sofá e lá fui votar.

.

  E esteve uma manhã de nevoeiro, e a cada esquina que percorria estava sempre à espera de encontrar o D. Sebastião, mas não... o unico Sebastião que encontrei foi o Zé Sebastião da Adega que ía com um ar mortiço de quem já tinha ido fazer asneira no boletim de voto. O homem está sempre bêbado e nunca consegue colocar de forma correcta a cruzinha dentro do quadradinho. Será que ía a pensar nisso?!... Será que ía apenas bêbado?! Não sei...

.

  Mirei pela ultima vez os cartazes de campanha e lá estava o "Abortar por opção enquanto bate o coração" e o"Punida com 3 anos de prisão". Pelo tom da campanha bem lá podia estar o "Aborto é como o holocausto" versus "Mantenham os vossos rosários fora dos nossos ovários".

  Vi também, com alguma satisfação um maralhal de gente à entrada do local de voto. Acho que é importante ir votar, independentemente da escolha que se faça.

.

  Entrei e fui para a fila quando de repente encontro uma velha amiga conhecida. Cumprimentei-a e começamos a entabular conversa:

  -"Então, ainda estás a trabalhar naquele sítio?"

  E eu:

  -"NÃO!..."

  Heia pah... o sarilho que foi. Formou-se logo ali uma situação desagradável pois estávamos a ser acusados de fazer campanha pelo NÃO a menos de 500 metros das mesas de voto.

.

  Lá refeitos do susto e dadas as devidas explicações continuamos a nossa conversa de circunstância. A dada altura perguntei-lhe amavelmente se o bonito casaco que ela tinha vestido era de caxemira ao que ela respondeu:

  -"SIM!..."

  Grande algazarra porque aqui d'El Rei que já estavamos a fazer campanha pelo SIM. E desta vez quase que éramos expulsos pelo senhor que presidia áquilo.

.

  Escusado será dizer que depois da reprimenda a que fomos sujeitos, mantive-me calado até chegar à mesa de voto.

  Quando lá cheguei, eis que o senhor me pede os documentos. E eu como estava um pouco constipado e a fungar do nariz, o senhor da mesa que me tinha repreendido disse-me com um ar de gozão e para me tentar provocar:

  -"Então estamos constipados hoje?!"

  Ao que eu respondo depois de muito hesitar:

  -"Hamm hammm!..."

.

eh pah, sinto-me: bem com a minha escolha
Sexta-feira, 9 de Fevereiro de 2007

Poema Porno Sério

.

Lendo este poema, será que conseguem vislumbrar ao que é que ele se quer referir?

.

Quer seja curto ou comprido,
Quer seja fino ou mais grosso,
É um órgão muito querido,
Por não ter espinhas nem osso.

.

De incalculável valor,
Ninguém tem um a mais,
E desempenha no amor,
Um dos papéis principais.

.

Quando uma dama lhe toca,
Ei-lo a pular com fervor,
Se for um rapaz, estremece,
Se for velho, tem menos vigor.

.

O seu nome não é tão feio,
Pois tem sete letrinhas só,
Tem um R e um A no meio,
Começa em C e acaba em O.

.

Nunca se encontra sozinho,
Vive sempre acompanhado,
Por outros dois orgãozinhos,
Junto de si, lado a lado.

.

O nome destes, porém,
Não gera confusões,
Tem sete letras também,
Tem L e acaba em ÕES.

.

Pra acabar com o embalo,
E com as más impressões,
Os órgãos de que eu falo...
São o coração e os pulmões!

.

Pensavam que fosse o quê? Mentes sujas...
 

 

eh pah, sinto-me: pornográfico
Quarta-feira, 7 de Fevereiro de 2007

Corta o 7

.

  Porque é que o Sete é cortado com uma barra a meio?

.

  Porque no tempo de Moisés no preciso momento em que ele anunciou os 10 mandamentos, quando chegou ao disse:

.

  -"Não cobiçarás a mulher do próximo."

.

  E todos em uníssono responderam:
  -"Corta o sete, o 7 é uma porcaria, corta mas é o sete!..."

.

  E assim Moisés fez... e cortou o 7...

.

.

 

eh pah, sinto-me: com uma poderosa barra no meio
Terça-feira, 6 de Fevereiro de 2007

Ir ao Ginásio

.

  A minha namorada decidiu agora frequentar o ginásio.

.

  Acho muito bem e até lhe dei o meu apoio:
  -"Oh querida, força! Eu quero é que sejas feliz e te sintas bem contigo própria. Se para isso tens de trabalhar mais os biceps ou os triceps ou o caralho, por mim tudo bem... desde que fiques boa com'omilho e realçes ainda mais essa anca magnífica, óptimo!"

.

  O problema é quando ela se vira pra mim e diz:
  -"Olha que a ti também te fazia bem. Estás a ficar com uma barriguinha..."
  Espera aí! Mas ela pensa que isto não é propositado?! Estou eu aqui a fazer um esforço pra ganhar barriga para que nas horas de maior calor em pleno Verão ela possa proteger a moleirinha do sol enquanto me faz uma mamada, e é este o tipo de agradecimento que recebo... Porra! Já um tipo não pode ser atencioso com as gajas.

.

  Mas sobre o assunto em questão, para mim, frequentar um health club é um pouco o paradigma da nossa sociedade.
  Reparem bem, toda aquela gente a "puxar ferro", ali a malhar nos exercícios com afinco, Elas estão ali a treinar no duro e estão a fazer tudo aquilo para quê? Para ficarem em forma...

  Mas o mais estranho de tudo é que muito boa gente não fica em forma... simplesmente não consegue! E as que conseguem, não o fazem por nenhuma razão válida. A unica razão pela qual tu te estás a pôr em forma, é pra que consigas chegar ao fim dos exercícios físicos que o ginásio te obriga a fazer. Portanto nós estamos a malhar e a ficar em forma, para que possamos fazer os exercícios no ginásio.
  E é tudo.

  -"Oh, querida, muito obrigado, mas se eu quiser aumentar o meu ritmo cardíaco, tenho bom remédio. Vou ali e peço dois cafés e está feito."

.

  Se bem que existe aquele tipo de gaja que vai ao ginásio malhar só pra que os gajos olhem esbugalhados pro corpo delas, do tipo, mostrar o corpo e dizer:

  -"Vejam como sou boa, caralho..."

  E eles:

  -"Hey, és muita boa... ... queres pinar?!"

  -"Quem eu?!... Tás maluco ou quê? Eu cá não gosto dessas merdas!"

  -"Num gostas? Porquê?!

  -"Ora porque estraga!... Não sabes que a piroca é como um rolo!? Passa por cima das gajas e fode esta merda toda, caralho!..."

  -"Ahhh... num sabia! As merdas que um tipo aprende com as gajas!"

.

  Outra coisa que não entendo, é porque é que temos sempre tanto cuidado com as nossas toalhas sujas e os nossos sapatos mal-cheirosos, após o exercício físico?
  Um tipo termina o exercício, vai tomar banho, e antes de ir tranca a sete chaves no armário de ferro do balneário a roupa suja. Porquê?

  Como é que será que está exactamente o mercado negro deste tipo de roupas de ginásio com cheiro pestilento a suor? 

.

  Quer dizer, ali no Norteshopping eu deixo ficar o meu carro a lavar e dou as chaves ao tipo do aspirador e do carrito de água, isto porque ele tem uma bata amarela e azul com o nome da empresa de lavagem de carros:
  -"Sim, ele tem a bata amarela e azul vestida... e tem um limpa-vidros na mão direita e um carrinho de água pra lavar carros... sim, ele deve ser o homem que lava os carros!..."
  Nem sequer penso duas vezes... deixo-lhe as chaves do meu carro e pronto.

.

  Agora para as minhas roupas do ginásio em estado de putrefacção, eu tenho um daqueles aluquetes em aço inox e bem que podias tentar disparar um míssel terra-ar ou terra-chapa contra aquilo, que mesmo assim não abria.
  Aquela merda é mesmo segura, pah! Foda-se...

.

 

eh pah, sinto-me: em forma
Sexta-feira, 2 de Fevereiro de 2007

Free Shops

.

  Acabei de chegar e já posso dizer que me chateei à conta desta treta das compras no chamado free shop ou zona franca ou lá que é, situada no aeroporto de Heathrow.

.

  Quer dizer, um tipo está ali, na zona internacional do aeroporto à espera do avião para seguir viagem e, simplesmente, não podes ter fome. Pelo menos foi esta a conclusão a que cheguei...

  Todo este conceito das free shops é realmente medonho e completamente incompreensível para mim. Pelo menos até há bem pouco tempo, era... até ao momento em que descobri toda a enorme trapaça que está por detrás deste conceito e que vos passo a contar.

.

  Isto meus amigos, é assim.

  A razão de tanta indignação é esta. Fiquei com fome e como tinha ainda umas boas duas horas de espera para o voo, decidi ir à cafetaria comprar uma mísera Sandes de Atum. Vocês já alguma tentaram comprar umas Sandes de Atum numa zona internacional de um qualquer aeroporto?

.

  Vocês acham que as pessoas no aeroporto que gerem as lojas têm alguma ideia dos preços das coisas que são vendidas no resto do mundo?

  Eu acho que não. Eu acho que eles acham que simplesmente podem fazer o que quiserem e meterem os preços que muito bem entenderem porque eles acreditam profundamente que têm ali o seu próprio país pequenino, ali mesmo no aeroporto, e que por isso mesmo podem cobrar o que quiserem!

.

  -"Tens fome? Uma sandes de atum custa 28 euros. Não gostas; então volta pro teu país!".

.

  Eu acho que toda a área e o edifício que ali estão... todo aquele complexo do aeroporto são um enorme esquema apenas para vender sandes de atum. É o que eu acho.

  Eu acho que o lucro da venda das sandes é que suporta toda a industria de transportes aéreos de passageiros. Só pode ser... Quer dizer, pensem bem, reflitam bem nisto.

.

  Os terminais, os aviões... tudo aquilo não passa de uma manobra de diversão, de uma distracção que foi criada e preparada para te enganar e para que, no fundo, não te dês conta da autêntica tareia que estás a levar quando compras uma Sandes de Atum.

.

 

eh pah, sinto-me: com fome
Quinta-feira, 1 de Fevereiro de 2007

Projecto

.

.

 

eh pah, sinto-me: projectado

London Tour

.

  Londres é de facto uma cidade magnífica, e constitui uma espécie de enigma a pronto a desvendar, e para quem como eu, gosta de ir à procura da descoberta e daquilo que me foi dado saber, existem por cá 4 monumentos que são património mundial, que são o Palácio de Westminster, a Torre de Londres, Greenwich e Kew Gardens.

.

  Dei umas voltas por aqui e como devem calcular, a visita foi muita extensa e vou ter de me socorrer das minhas notas e das brochuras fornecidas pelo nosso guia e fazer aqui uma espécie de tradução literal do que está aqui mas acho que para os amantes desta bela cidade, vai valer bem a pena.

.

  Comecei então a minha ronda pelo coração do velho império, onde está o famoso postal de Londres de Houses of Parliament (Parlamento), desde Albert Embankment atravessando o Rio Tamisa na Westminster Bridge, ou desde a mais recente atracção londrina, o London Eye, a roda gigante de onde se consegue actualmente o melhor panorama de toda a cidade e o mais alto (135 m). Voltando à margem está um belo edifício, que se pode visitar. O Palácio de Westminster, como também é conhecido, do arquitecto Charles Barry, foi construído em 1840, num estilo gótico revivalista, para albergar a Câmara dos Lordes e a Câmara dos Comuns. O Big Ben, uma torre de relógio fantástica, é parte do edifício do Parlamento e é provavelmente o mais famoso ex-libris de Londres. Ali perto fica a Westminster Abbey, uma abadia onde sobressai a catedral gótica de 1245, o lugar tradicional das cerimónias de coroação e também para sepultura de monarcas ingleses. Cientistas famosos e escritores estão também sepultados aqui. Caminhando por Victoria Street chega-se a Westminster Cathedral, uma bonita igreja neo-bizantina construída em 1895 para albergar a sede da Igreja Católica em Inglaterra. A torre oferece uma das mais bonitas vistas sobre Westminster. De volta a Parliament Square, o percurso mais interessante é ao longo de Whitehall, a rua que liga o Parlamento a Trafalgar Square, que é um sinónimo de Governo do Reino Unido a maioria dos ministérios estão aqui. O mais famoso edifício de governo é a residência do primeiro-ministro desde 1721 (Robert Walpole), em Downing Street, Nº 10. A Banqueting House é o único edifício sobrevivente do Palácio de Whitehall que foi a principal residência real desde 1530 a 1698, quando foi destruído por um incêndio. Cabinet War Rooms é um excelente museu vivo dentro do bunker onde Churchill conduziu a guerra, perto de Downing Street e na face de St. James Park. Ali pode observar-se a Sala do Mapa, a Sala do Executivo e o quarto de Churchill. Mais à frente na rua Whitehall chega-se a Horse Guards edifícios elegantes de 1755. Uma colorida mudança de guarda a cavalo (da Guarda Pessoal da Rainha) ocorre no pátio que dá para St. James Park, nos dias úteis às 11h e nos sábados às 10h. Se se despacharem depois da cerimónia, conseguem chegar ainda a tempo de ver a famosa mudança da guarda no Palácio de Buckingham todos os dias às 11h30. O Palácio de Buckingham foi construído em 1702 e é a residência oficial dos soberanos britânicos desde 1837 com a Rainha Victoria. Seguindo pela avenida The Mall desde o Palácio e passando pelo Admiralty Arch, chega-se a Trafalgar Square que é uma das mais famosas praças de Londres. Os destaques são a Coluna de Nelson com 4 leões gigantes, Canada House, South Africa House e National Gallery que alberga um das melhores colecções do mundo de pintura europeia. Dali pode optar por caminhar para Piccadilly Circus, o famoso ponto de encontro com a estátua de Eros e os grandes anúncios de néon. Regent Street e Oxford Street são duas das principais ruas de comércio em Londres com lojas elegantes para todos os gostos. Fazendo um pequeno desvio em Regent Street encontrará Carnaby Street, uma área de comércio com lojas de moda na vanguarda mundial. Mais para norte, Baker Street foi a morada de Sherlock Holmes e ali perto fica o excelente museu de cera Madame Tussaud. No final de Oxford Street, passando Tottenham Court Road, encontrará o British Museum que é o mais antigo (1753) e um dos maiores do mundo com grandes colecções de arte de todos os cantos do mundo e de todos os períodos da história. Em Covent Garden há animação de rua todas as tardes e bonitas lojas, no antigo mercado de flores e vegetais. Ao virar da esquina fica a Royal Opera House e o excelente Museu de Transporte de Londres. Para a noite, o melhor começo tem que ser em Leicester Square onde tudo acontece. Nas suas costas fica o Soho, o bairro que estende do outro lado a Oxford Street, onde se situam grande parte dos teatros, cinemas, pubs, restaurantes, discotecas, clubes de jazz lendários... a escolha é sua, o Soho é efectivamente o centro da vida nocturna londrina. No Soho fica também a Chinatown de Londres.

.

  Agora visitemos a City (of London)... Fleet Street é a principal via de entrada vindo de Westminster. A maioria dos grandes jornais britânicos têm aqui a sua sede. Em algum ponto será surpreendido pela imponência da gigante St. Paul's Cathedral, construída entre 1675 e 1710 num estilo barroco, um projecto do arquitecto Sir Christopher Wren depois do Grande Incêndio de 1666. Da cúpula grandiosa terá uma das mais fabulosas vistas de Londres, da City, Westminster e o Rio Tamisa. Esta catedral alterna cerimónias oficiais com a Westminster Abbey. Perto da catedral ficam o Bank of England, a Royal Exchange e o coração financeiro de Londres. O Monument é uma coluna dórica de homenagem ao grande incêndio. A Torre de Londres tem sido desde o início da história de Inglaterra: residência real e forte, prisão e lugar de execuções, arsenal de armas e casa das jóias reais. Obteve o nome pela White Tower que foi completada em 1100. As Jóias da Coroa são ali mantidas sob fortes medidas de segurança. Os guardas da Torre, Yeomen of the Guard, também conhecidos como Beefeaters, são veteranos do Exército e "Marines" que guardam a Torre com os mesmos uniformes do século XV. London Walks é uma empresa turística (existem diversas que fazem o mesmo) que organiza uma das mais originais maneiras de explorar a história de Londres a pé, por exemplo a "Jack the Ripper Walk", uma caminhada guiada que parte da estação de metro Tower Hill. Tower Bridge, um dos famosos símbolos de Londres, foi completada em 1894 e fica ao lado da Torre de Londres. Atravessando esta ponte pode visitar-se algumas atracções da margem sul como o London Dungeon, um museu que mostra os métodos de tortura medievais. A nova ponte Millennium Bridge de Sir Norman Foster é uma ponte pedonal construída em 2001 e fica em frente de St. Paul's Cathedral. Do outro lado da ponte na margem sul fica a Tate Modern, o famoso museu que alberga uma das melhores colecções de arte moderna do mundo, que abriu em 2000 no imponente edifício da antiga central eléctrica de Bankside, com uma fachada de 200 metros de comprimento. Ao lado da Tate Modern, fica o Globe Theatre, uma réplica construída em 1995 do Teatro original de Shakespeare em Bankside de 1599. Esta zona da cidade oferece um belíssimo passeio sempre junto ao rio que se estende até Westminster Bridge. Fazendo parte do Jubilee Walkway, um percurso turístico criado em Londres sob o patrocínio da Raínha, este passeio junto ao Tamisa chamado Queen's Walk pode iniciar-se por exemplo junto à Millennium Bridge e passa mais à frente por Gabriel's Wharf, um nova zona de lojas, restaurantes e animação vária. Continuando passa-se pelo edifício moderno do Royal National Theatre. Aqui é uma boa ideia ir até meio das pontes Waterloo e Hungerford para ter bonitas vistas para os dois lados de Londres nesta privilegiada curva do Tamisa. Finalmente chega-se a London Eye e aos Jubilee Gardens. Mais à frente fica o London Aquarium. Na Westminster Bridge termina Queen's Walk que é de facto uma nova centralidade em Londres, mas o Jubilee Walkway continua por Albert Embankment até Lambeth Palace.

.

  Agora afastando-nos um pouco do centro, podemos explorar os bairros mais elegantes do Oeste de Londres. Começando em Hyde Park, o maior parque no coração da cidade, pode explorá-lo ao longo do lago chamado Serpentine, ou admirar Marble Arch no extremo oriental do parque, ou simplesmente passar uma manhã de domingo a ouvir e discutir assuntos como política, religião ou qualquer outro no Speakers Corner. Você pode ser também um speaker. Os bairros elegantes de Kensington, Belgravia ou Chelsea são melhor explorados começando a caminhada por Knightsbridge, uma rua que o leva ao Harrods, Victoria and Albert Museum, o excelente Science Museum e também o Natural History Museum. Royal Albert Hall, a sala de concertos mais conceituada de Londres fica também ali. Notting Hill fica mais afastado, sendo melhor ir de metro. É um bairro bonito com charmosas casas vitorianas. Ali fica o mercado de antiguidades de Portobello Road.

.

  No extremo leste de Londres, o moderno metro das Docas (Docklands Light Railway - DLR) leva-o à Isle of Dogs passando por Canary Wharf, o edifício mais alto de Londres (250 m). Esta zona é conhecida como Docklands, nas antigas instalações portuárias da cidade (o porto deslocou-se para jusante), e oferece actualmente modernos escritórios, apartamentos e shoppings, construídos em ilhas no rio ou cais circundados por canais, proporcionando cenários deliciosos. Na estação de DLR Island Gardens, a última na Isle of Dogs, chega-se ao Túnel Pedonal de Greenwich, construído sob o Rio Tamisa e aberto em 1902. Atravesse-o e visite Greenwich. Os maiores destaques deste bairro histórico são o navio Cutty Sark de 1869, o National Maritime Museum (1937) e o Old Royal Observatory, construído em 1675 para albergar o primeiro Astrónomo Real, John Flamsteed. Estes dois monumentos ficam dentro do enorme Greenwich Park. O Meridiano (0º de longitude) passa dentro do Observatório. Uma maneira agradável de regressar a Central London é de barco subindo o Tamisa até Embankment.

.

  Agora, para algo completamente diferente em Londres, experimentem uma viagem de barco pelo Regent's Canal desde Little Venice, um bairro em Paddington, até Camden Town passando pelo Regent's Park. Quando chegarem a Camden Lock (comporta) e o barco descer, estará pronto para explorar o fabuloso Camden Market, provavelmente o mais popular mercado de rua de Londres que se dispersa ao longo de Camden High Street, em redor de Camden Lock, no velho mercado de fruta e vegetais, em antigos estábulos e até em misteriosas galerias sob um viaduto ferroviário.
Podem também experimentar uma visita mais tranquila a Richmond com os seus parques ao longo do Rio Tamisa e os jardins de Kew Royal Botanical Gardens. O Palácio de Hampton Court é uma excelente alternativa para visitar um dos maiores e mais bonitos palácios de Londres, com 500 anos de história real.
  Uma descrição de Londres não ficaria completa sem mencionar a fantástica variedade de peças de teatro e musicais disponível no West End de Londres e que muitos são famosos mundialmente com anos consecutivos em cena, como "The Phantom of the Opera", "Miss Saigon", "Les Misérables", "Oliver", "Sunset Boulevard", "Mary Poppins" e muitos outros...

.

  Em Londres há sempre muitos e bons lugares para descobrir, desde monumentos, palácios, igrejas, parques, museus, ruas e praças, e até mesmo quem vem amiude ter sempre a oportunidade de descobrir novos restaurantes e lojas, e ver os recém-estreados musicais ou inéditas exposições. A cidade vista desta forma, perde de facto a sua compostura conservadora e clássica, para tomar a dianteira no mundo da moda, do "design", da restauração e da arquitectura.

.

  Pena é que hoje vou embora, provavelmente à noite já estarei aí...

.

.

 

eh pah, sinto-me: enebriado
Leu o Post? Gostou? Então não se esqueça de comentar! E já agora tem aqui ao lado os Posts Recentes para ler!
Clique para configurar o kumkaneco como a Página Inicial do seu browser

. . Bêbado(s) Online


.posts recentes

. Os Recursos de Isaltino

. Quando Eu Morrer

. Triplicado

. Do Desastre à Javardice P...

. Conselhos da Katya Bimba

. Voltei para o Vosso Âmago

. Papa Bento XVI cancela vi...

. Costumes Antigos

. As Escutas do Apito Doura...

. Casamento Gay Aprovado

. Os Blogs

. Os Muppet Queen

. A TV que me Marcou

. Semelhanças entre Tomás T...

. Ah Fadista!!!

. Sabedoria Popular Brasile...

. Notícia de Última Hora

. Começa Hoje a Vacinação C...

. Histórias do Vaticano

. Sombras Inesperadas

. Penteados Out-of-Bed

. Sabes Onde é que as Há? S...

. Têm Estado Dias de Muito ...

. Freguesias Bloqueadas

. Restaurador Olex (desenvo...

. Os Nossos Jornais

. Os Nomes das Coisas

. Prós e Contras da RTP

. Porrada Portuguesa

. Uma Operação do...

. Celibato dos Padres em Di...

. Novo Isqueiro da BIC

. Anus, Outra Vez

. O Guronsan

. O Resultado das Eleições

. Notícias TVI24

. Sou Parecido com o Zeinal...

. O Aspecto Interior é Muit...

. Buscas em Escritórios de ...

. Anúncios Manuscritos em P...

. Modernices e Burguesices

. Kumkaneco Pergunta

. A Onda dos Surfistas

. Couch Surfing

. A Gripe A

. Manual de Sobrevivência n...

. Mensagem aos Adeptos do «...

. Fim da Crise Anunciado, Y...

. Apelo ao Boicote da Igrej...

. O Clero, Manuela Ferreira...



.arquivo desde 2006

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Julho 2011

. Novembro 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

.fotos dos fãs

.prémios e blogs


Muito Obrigado à Lya por este prémio!
De Veludo e Sangue da Lya (Bad Lolita)


Muito Obrigado ao Site Olha que Blog Maneiro por este prémio!
Blog de Humor & Frases de Sérgio Alex


!
Câmara Lenta da Menina Margarida









Não se esqueça de ler os blogs que estão aí mais abaixo. São do melhor!








.visitantes



.Novembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.kumkaneco



Não se esqueça de ler os blogs que estão aí mais abaixo. São do melhor!






Copie para o seu blog
Colocar no topo ou em rodapé

468 x 60



Para colocar nas áreas laterais

128 x 89



Não se esqueça de ler os blogs que estão aí mais abaixo. São do melhor! Não se esqueça de ler os blogs que estão aí mais abaixo. São do melhor!



kumkaneco@sapo.pt

kumkaneco@hotmail.com

kumkaneco@gmail.com

.

.
Não se esqueça de ler os blogs que estão aí mais abaixo. São do melhor!



Referências na Blogosfera


Humor blogs

Humor Blogs - BlogCatalog Blog Directory

Divulgue seu blog!



Check Google Page Rank

Divulgue o seu blog!



Blog Directory & Search engine



blogarama - the blog directory

Web Hosting Directory by Blog Flux



Já sabem muito bem que aqui é um sítio pesado!...