Segunda-feira, 30 de Julho de 2007

Dores

.

  No outro dia estive doente com uma dor de barriga... e náusias, e vómitos!
  Eh pah, pensei que ia mesmo desta pra melhor!
Mas infelizmente pra vocês não aconteceu.

.

  E depois pus-me a pensar nos mais variados tipos de dores que existem.
  Porque é que sentimos dores? Já pararam para pensar nisto?
  Eu já, quando estava deitado na cama cheio de dores.

.

  As dores de cabeça por exemplo. Podem ser dores devidas a uma enxaqueca, por exemplo.

.

.

  Enxaqueca... Ora aí está uma dor que eu nunca tive...
  Normalmente estas são dores que as gajas costumam ter com mais frequência que os homens. Principalmente gajas casadas e exactamente antes do presumível acto sexual com o marido.

.

  Já nos homens é mais frequente a dor nos joelhos, principalmente aqueles que fodem bastante em locais menos confortáveis com amantes e prostitutas de rua... Vá-se lá saber porquê!

.

.

  Existem depois outro tipo de dores como as dores de dentes. Eh pah isso é que deve ser mesmo fodido, até porque uma gaja com dores de dentes muito dificilmente poderá fazer um bom broche.

.

.

  Fica desde logo excluído uma parte boa do nosso dia.

.

  Uma outra dor fodida que tem algum relevo é quando se tem uma dor no cu.

.

.

  Uma das razões dessa dor pode ser porque estivemos várias horas sentados numa cadeira desconfortável numa sala de espera de um serviço de urgência... digo isto por experiência própria.
.

  Ou então porque a enfermeira que é uma vaca do caralho nos espeta a agulha no cagueiro de uma forma que já nem sabemos para que lado é que é o buraco pra cagar, como vingança por termos dito um piropozito do estilo...
  -"O seu perfume é agradável. Mas era absolutamente necessário estar a marinar nele?!"

.

.

  E depois pega na seringa e espeta-me a agulha no cu como se estivesse a fazer prospecção de petróleo, não sem antes ouvir:

  -"Foooda-se!... Que grande facão!..."

.

  Claro que depois de me espetar daquela forma a agulha respondi-lhe à letra gritando-lhe no ouvido exactamente aquilo que ela devia fazer.
  Perante isto, ameaçou-me de me espetar outra no outro lado do meu belo rabiosque se eu não retirasse o que tinha dito, e eu sem outro remédio, lá concordei:
  -"Ok, Ok, eu retiro o que disse! Não te vás foder! Prontes, tá bem assim?!..."

.

  Há quem ainda sinta dores no cu porque se tenha entusiasmado em demasia com as bolas chinesas e tenha usado um lubrificante também ele "made in china".

  Bom mas isso agora não interessa nada.
  A questão aqui é esta.

.
  Eu estava ali à espera na urgência, após ter levado a injecção quando de repente tive uma epifania... Eh pah esta merda costuma acontecer-me uma vez por semana. Felizmente a doutora que lá estava que era muito meiguinha receitou-me uns comprimidos para isso... mas como eu ía dizendo - dei-me conta de que acabara de ter um pensamento peregrino que foi o seguinte.
  'Afinal qual é a ideia de esterilizar uma agulha a um condenado que vai receber a injecção letal?'

  Ahhhhh... Já pensaram nisto?!

.

  Será que eles têm medo que ele apanhe alguma infecção ou pior ainda alguma doença grave daquelas que não têm cura como a SIDA?! Será?!...

.

  E enquanto lá estava à espera a pensar nisto, entrava constantemente gente a padecer de vários tipos de dores e traumatismos.

.

.

  Aquilo era dor nos cornos que estavam partidos depois de um acidente de mota em que o capacete era népias, era dor de cotovelo que estava deslocado, era dor nos tomates devido a um pontapé de uma velhinha que reagiu a um possível roubo da carteira, eh pah havia de tudo um pouco ali.

.

.

  Até apareceu lá uma loura boazona com um corpaço de se lhe tirar o chapéu que estava à espera de ser atendida. Essa foi a melhor parte da minha estadia lá... Minha e não só, pelo ar dos velhinhos que estavam em frente a ela a salivar... ou isso ou estavam a ter um ataque cardíaco...

.

.

  Continuando... ela estava um pouco despenteada é certo mas era boa todos os dias, com um corpo de violão, uma anca proeminente voluptuosa e um cagueiro volumoso e bem desenhado, um pernão rosado de modelo bem torneado com uns sapatos de salto altíssimos com uma sola também grossa de cor preta e ainda um decote enorme no vestidinho leve e semi-transparente de cor branca.

  O decote mais parecia que iria explodir a qualquer momento e as mamas iriam saltar cá para fora tal o tamanho das ditas, apenas dificilmente contidas com dois ou três sistemas de segurança num soutien armado.
  Podiamos mesmo dizer que metade da prateleira estava cá fora.

.

.

  E como o vestido branco era semi-transparente via-se que a lingerie era preta provavelmente para fazer "pendant".

.

.

  Ora aquele hospital está em obras e aquilo está cheio de gajos e gajas vestidos com batas brancas, amarelas e azuis e o caralho a cruzarem-se constantemente com gente toda fodida com dores e encostados por todos os cantos da urgência e também os... trolhas encima dos andaimes com bejecas na mão a mandar bitaites cá pra baixo.

.

  Os médicos e enfermeiras que passavam faziam de conta que eles não estavam ali, principalmente quando eles lhes chamavam nomes como:
  -"Oh boi... pareces um paneleiro todo cheio de merdas..." ou então "Oh baca, fazia-te um filho..." isto enquanto os seguranças se riam disfarçadamente.

.

  E foi neste ambiente que a tal loura que mais tinha ar de actriz porno-1º escalão, teve de atravessar aquele átrio para chegar à porta da urgência.

  Vinte segundos, meus amigos... vinte segundos memoráveis foi o tempo que demorou a passar por aquele átrio até à porta das urgências que aqui passo a compartilhar com vocês:

.

.

  -"Eia, Oh puta!... és toda boa pah... Oh boa, comia-te todos os dias caralho... não queres vir aqui fazer-me um broche?... tenho aqui uma colher de trolha pra ti... que pernas, que mamas, que cu, pah... comia-te toda, até tenho os tomates em pele de galinha, filha... anda cá acima que levanto-te o vestido e dou-te com a régua... Oh loura, anda cá pra eu te tirar o fio de prumo... ai jasus... ..."

.

.

  Entrou a loura impassível com o seu belo decote e sem qualquer perturbação e completamente desinibida com um ligeiro sorriso e um balanço nos quadris como só faz uma gaja que sabe que é boa e dirigiu-se ao guichet e parece que se queixava de dores no cabelo e nas nádegas. Pelo menos foi o que o segurança que lá estava me confidenciou.
.

  Aparentemente o montador dela quando lhe estava a ir ao cu numa foda à canzana, puxava-lhe o cabelo com a mão direita com muita força enquanto lhe esbofeteava o nalguedo com a mão esquerda.

  Dor no anel não tinha porque já estava habituada a levar no grelo e a ser perfurada no buraco em abundância com dildos que mais parecem martelos pneumáticos das obras, agora puxar o cabelo com força e ainda as sapatadas no cagueiro com mais veêmencia, pah... Isso não, pah... isso não, que aleija pah... Porra!...

.

.

  Lá tive eu que me oferecer para ajudar a ver qual era o problema da loura, não sem antes dispensar de calçar umas luvas de latex... usei-as antes para proteger a ponta da piroca que isto hoje em dia nunca se sabe, foda-se!...

.

 

eh pah, sinto-me: com dores
vasilhame do kumkaneco às 12:00
link do post | adicionar à adega
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



.posts recentes

. Os Recursos de Isaltino

. Quando Eu Morrer

. Triplicado

. Do Desastre à Javardice P...

. Conselhos da Katya Bimba

. Voltei para o Vosso Âmago

. Papa Bento XVI cancela vi...

. Costumes Antigos

. As Escutas do Apito Doura...

. Casamento Gay Aprovado

. Os Blogs

. Os Muppet Queen

. A TV que me Marcou

. Semelhanças entre Tomás T...

. Ah Fadista!!!

. Sabedoria Popular Brasile...

. Notícia de Última Hora

. Começa Hoje a Vacinação C...

. Histórias do Vaticano

. Sombras Inesperadas

. Penteados Out-of-Bed

. Sabes Onde é que as Há? S...

. Têm Estado Dias de Muito ...

. Freguesias Bloqueadas

. Restaurador Olex (desenvo...

. Os Nossos Jornais

. Os Nomes das Coisas

. Prós e Contras da RTP

. Porrada Portuguesa

. Uma Operação do...

. Celibato dos Padres em Di...

. Novo Isqueiro da BIC

. Anus, Outra Vez

. O Guronsan

. O Resultado das Eleições

. Notícias TVI24

. Sou Parecido com o Zeinal...

. O Aspecto Interior é Muit...

. Buscas em Escritórios de ...

. Anúncios Manuscritos em P...

. Modernices e Burguesices

. Kumkaneco Pergunta

. A Onda dos Surfistas

. Couch Surfing

. A Gripe A

. Manual de Sobrevivência n...

. Mensagem aos Adeptos do «...

. Fim da Crise Anunciado, Y...

. Apelo ao Boicote da Igrej...

. O Clero, Manuela Ferreira...

.arquivo desde 2006

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Julho 2011

. Novembro 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

.fotos dos fãs

.Novembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.kumkaneco