Quarta-feira, 16 de Maio de 2007

A Minha Primeira Queca

.

  Estavamos ontem a conversar sobre as primeiras namoradas que tivemos e as nossas primeiras relações sexuais, quando fui convidado a contar como foi que conheci a minha primeira gaja com quem dei uma queca.

.

  Passo também aqui a contar-vos:

  Eu e a minha primeira namorada com quem fiz truca-laruca (que raio de nomes que temos de inventar, só pra não dizer foda, pah... é ridiculo isto), conhecemo-nos num bar. É verdade...
.

  Era a altura da queima, estávamos os dois bêbados e ela começou a meter-se comigo e a assediar-me. Ainda não deixei de pensar que talvez tenha sido por isso, por ela estar bêbada.

  Eu não estava a perceber muito bem o que se estava a passar. Aliás, eu nessa época tinha muito pouco jeito com as mulheres, até que ela disse:

.

  -"Tu nem sabes o que fazer comigo, não é?"

.

  E eu pensei para comigo:
  -"Porra, como é que ela adivinhou, pah?!..."

.

  Depois de muito falar, patati patata, breu breu breu, pardais ao ninho, e das frequentes correrias para a casa-de-banho, resolvemos ir definitivamente para um quarto com quem ela dividia com uma amiga da faculdade.

.

  E perguntam vocês - Mestre, como é que a coisa correu?!...

  Eu digo-vos. A amiga dela não estava lá, isto só para clarificar as mentes mais perversas e sujas que estejam a ler isto. De resto, fodemos, fodemos e fodemos, e... prontos ok... foi a minha primeira vez, e... prontos...

.

  Ora bem, vamos lá analisar bem a questão.

  Ela já era uma tipa experiente. Era mais velha do que eu uma boa meia duzia de anos - sempre tive aliás, queda pra mulheres mais velhas. Era uma cavalona da faculdade do curso de Economia e eu, um imberbe rapazote do final do curso do secundário.

.

  Respondendo então à questão, eu diria que ela era um pouco... digamos que... pessimista na cama. Como é que eu hei-de dizer isto.

  Para ela a vagina estava sempre meio vazia.

.

  É claro que eu, não me fiquei e já que estavamos a partilhar a onda da sinceridade, contrapuz com o meu optimismo. Eu já não considerava que fosse exactamente assim.

  Eu quando olhei para o soutien dela, achei sempre que ele estivesse meio cheio!...

.

  Não sei porquê mas, depois deste meu momento de partilha, a tipa expulsou-me do quarto... Vá-se lá entender as gajas, pah!

  Poooorrrrrrrra!...

.

 

eh pah, sinto-me:
Segunda-feira, 21 de Agosto de 2006

Desvarios de Férias

Pois é malta, fim de férias. A vida é mesmo assim... O "bem-bom" também se acaba... e para mim as fe...

Ler artigo
eh pah, sinto-me: engarrafado

.posts recentes

. A Minha Primeira Queca

. Desvarios de Férias

.arquivo desde 2006

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Julho 2011

. Novembro 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

.fotos dos fãs

.Novembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.kumkaneco