Sexta-feira, 14 de Julho de 2006

Poesia Bruta VII - Veneranda Língua

 

 

Veneranda Língua

.

 

Veneranda Língua que fazes Tombada

Que Chupas na Cona da Mulher Amada

Veneranda Língua penetras em Grutas

Gostas de Pachachas de Ladys e Putas

.

Veneranda Língua que sabes a mel

Usas Brilhantina, não gostas de Gel

Veneranda Língua, Húmida Paixão

És tão Decadente, pareces um Cão

.

Veneranda Língua Força de Cacete

Tu és uma Diva a fazer Minete

.

 

eh pah, sinto-me: em coma alcoólico
Sexta-feira, 14 de Julho de 2006

Poesia Bruta VI - Pre...

Prefiro em Rodelas Ananazes . Os meus Peidos soam a Trombone O seu Odor é de Químico Letal Quem sobrevive Proclama N...

Ler artigo
eh pah, sinto-me: em coma alcoólico
Quinta-feira, 13 de Julho de 2006

Poesia Bruta V

Estas quadras foram cantadas por uma Senhora Peixeira do Bolhão pró programa do Rui Unas (Esse Ganda Maluco)! Cá ...

Ler artigo
eh pah, sinto-me: em coma alcoólico
Quarta-feira, 5 de Julho de 2006

Poesia Bruta IV - Ode...

Parabéns à Selecção Portuguesa. É com grande alegria que aqui lhes presto este merecido tributo. Cai vai disto: ...

Ler artigo
eh pah, sinto-me: em coma alcoólico
Quinta-feira, 25 de Maio de 2006

Poesia Bruta III - A ...

. Em mais uma senda de inêxitos bloguistas a que estou eternamente votado, vi-me novamente forçado a utilizar um estr...

Ler artigo
eh pah, sinto-me: em coma alcoólico
Terça-feira, 16 de Maio de 2006

Poesia Bruta II

. Belos poemas do Conjunto António Mafra e o seu "7 e Pico", agora numa versão pós-moderna do tipo Antonio ...

Ler artigo
eh pah, sinto-me: em coma alcoólico
Terça-feira, 16 de Maio de 2006

Poesia Bruta

. Já lá dizia Bocage na sua Poesia Bruta A Puta é filha da Vida e a Vida é filha da Puta. Cá vai disto: No dia...

Ler artigo
eh pah, sinto-me: em coma alcoólico
Quinta-feira, 11 de Maio de 2006

Poesia Torpe

. Vinha por aí abaixo Um carro aos trambolhões Uma carroça sem rodas E um cavalo sem orelhas A Maria foi à fonte...

Ler artigo
eh pah, sinto-me: alegre

.posts recentes

. Poesia Bruta VII - Venera...

. Poesia Bruta VI - Prefiro...

. Poesia Bruta V

. Poesia Bruta IV - Ode a P...

. Poesia Bruta III - A Gran...

. Poesia Bruta II

. Poesia Bruta

. Poesia Torpe

.arquivo desde 2006

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Julho 2011

. Novembro 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

.fotos dos fãs

.Novembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.kumkaneco